sicnot

Perfil

País

Retomadas buscas pelos jovens desaparecidos na Praia de Espinho

JOS\303\211 COELHO

As buscas pelos jovens desaparecidos no domingo no mar da praia de Espinho foram retomadas hoje pelas 9:00, com os mesmos meios que têm estado envolvidos nas buscas, segundo fonte do comando local do Douro.

Desde o desaparecimento dos dois jovens, os esforços no sentido de recuperar os corpos das vítimas vêm sendo desenvolvidos por mar, ar e terra, envolvendo diariamente cerca de 50 operacionais de diversas autoridades marítimas, policiais, militares e da Proteção Civil.

Entre essas entidades incluem-se as capitanias do Douro e de Aveiro, a Marinha Portuguesa, a Força Aérea, a Estação Salva Vidas do Douro, a Polícia Marítima, o Instituto de Socorros a Náufragos e as corporações de bombeiros de Espinho e Esmoriz.

Nas operações de hoje, o dispositivo das buscas volta a contar com um navio-patrulha da Marinha, uma embarcação da Capitania do Porto de Aveiro e várias viaturas de vigilância às praias, da Polícia Marítima e da corporação de bombeiros de Espinho.

Os dois jovens, de 18 e 19 anos, foram vistos pela última vez, na praia de Espinho, no domingo a meio da tarde. Terão sido levados pela ondulação quando tentavam resgatar a bola com que jogavam na praia.

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.