sicnot

Perfil

País

Dez incêndios em curso em Portugal continental

Dez incêndios estavam em curso em Portugal continental às 16h30, sendo que dois fogos nos distritos de Leiria, um no de Loures e outro no de Coimbra mobilizavam nove meios aéreos e mais de 450 bombeiros.

Segundo a informação disponível no site da Autoridade Nacional da Proteção Civil, o fogo na localidade de Fonte Limpa, concelho de Góis (Coimbra), mobilizava três meios aéreos, 141 bombeiros e 32 viaturas.

No concelho de Pedrógão Grande (Leiria), na localidade de Escala Fundeiros, o fogo mobilizava um meio aéreo, 105 homens e 33 viaturas.
Em Loures (Lisboa), um meio aéreo, 207 homens e 63 viaturas combatem o fogo que lavra no Barro.

Já no concelho de Mação (Santarém), um meio aéreo, 55 homens e 14 viaturas combatiam o incêndio ativo na localidade de São José das Matas.

Por seu turno, o incêndio em curso em Moninhos/ Fundeiros, no concelho de Figueiró dos Vinhos (Leiria), mobilizava um meio aéreo, 58 homens e 18 viaturas.

Já no distrito de Faro, em Monte Ruivo, no concelho de Aljezur, um fogo estava a ser combatido por um meio aéreo, 22 homens e cinco viaturas, enquanto outro em Vale de Lobo, no concelho de Loulé, mobilizava um meio aéreo, 19 homens e cinco viaturas.

Às 16h55, a Proteção Civil dava conta da existência de 347 fogos em Portugal continental, 13 dos quais ativos, dois em resolução e 22 em conclusão. No total, estes incêndios mobilizavam 1.118 homens, 319 viaturas e 11 meios aéreos.

Um incêndio em resolução significa, de acordo com a Proteção Civil, que não há perigo de propagação além do perímetro já atingido.

Um fogo em conclusão é um incêndio extinto com pequenos focos de combustão dentro do perímetro atingido.

Lusa

  • Depois do Fogo
    0:25

    Reportagem Especial

    Uma semana depois do incêndio de Pedrogão Grande são muitas as histórias de perda e de sobrevivência, mas também de solidariedade de pessoas anónimas, que não dormiram durante dias a fio, para apoiar na logística do difícil combate ao incêndio florestal mais mortífero de que há memória. Depois do Fogo, hoje no Jornal da Noite.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.