sicnot

Perfil

País

Reposta circulação rodoviária no Túnel do Marão nos dois sentidos

A circulação rodoviária no Túnel do Marão, no sentido Amarante -- Vila Real, encerrada desde 11 de junho devido a um incêndio, foi reposta ao trânsito, que passou a circular nos dois sentidos, anunciou a Infraestruturas de Portugal (IP).

De acordo com um comunicado da entidade, o incêndio provocou alguns danos ao nível da infraestrutura e dos sistemas de segurança e monitorização, obrigando, na altura, à suspensão da circulação em ambos os sentidos no túnel.


No domingo de 11 de junho, um incêndio de um autocarro com 20 passageiros da empresa Rodonorte, dentro do Túnel do Marão, ao quilómetro 74 da autoestrada do Marão, entre Amarante e Vila Real, obrigou ao corte do trânsito em ambos os sentidos, sem causar vítimas.
Na segunda-feira seguinte, o trânsito no túnel foi reaberto no sentido Vila Real - Amarante.


De acordo com a IP, os trabalhos realizados envolveram, entre outros, a reparação e limpeza das superfícies de betão, a repavimentação de uma secção com cerca de 100 metros de comprimento e a reparação e substituição, total ou de alguns componentes, dos equipamentos e sistemas de segurança, iluminação e comunicações instalados.


Executadas estas intervenções, seguiram-se as fases de vistoria e certificação realizadas pelas entidades competentes, acrescenta, no comunicado.


Na sequência do sinistro, o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, ordenou à Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) a abertura de um inquérito ao incidente.


O Túnel do Marão, que liga Amarante, no distrito do Porto, a Vila Real, abriu em maio do ano passado e tem duas galerias gémeas, cada uma com duas faixas de rodagem, e com um comprimento de 5.665 metros.


O incêndio com o autocarro de passageiros foi o primeiro acidente do género, em dimensão, ocorrido num túnel em Portugal.

Lusa

  • Presidente do Tondela diz que clube foi humilhado
    1:26

    Desporto

    O presidente do Tondela participou esta segunda-feira na conferência de imprensa após o jogo da 23.ª jornada da I Liga com o Sporting. Gilberto Coimbra criticou o árbitro do encontro João Capela, e diz que o tempo de compensação dado a mais foi por uma falta que não foi assinalada sobre um jogador do Tondela, Bruno Monteiro.

  • Último golo do Sporting ao Tondela "é legal e limpinho" 
    0:41

    Desporto

    Jorge Jesus entende que a vitória desta segunda-feira do Sporting frente ao Tondela não merece contestação e destaca o facto de o árbitro ter avisado os jogadores que iria prolongar o tempo extra. Para o treinador dos leões, o golo no minuto 99' é legal. 

  • Deputados pedem medidas urgentes para travar exploração de urânio junto à fronteira
    3:06

    País

    Um projeto de exploração de urânio no município de Retortilho em Salamanca, a cerca de 40 quilómetros da fronteira portuguesa, está a causar preocupação nos dois países. Portugueses e espanhóis temem o risco de contaminação por via aérea e fluvial. Deputados portugueses visitaram o local, onde pediram medidas firmas e urgentes ao Governo para travar o projeto. As autoridades de Espanha não acionaram o mecanismo de avaliação ambiental partilhada.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC