sicnot

Perfil

País

Mogherini expressa condolências pela morte de militar português no Mali

A chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, lamentou esta segunda-feira a morte de um militar português no Mali, expressando as suas condolências e também o "respeito, admiração e apreço" pelo trabalho da Missão de Treino da União Europeia naquele país.

Numa conferência de imprensa por ocasião de uma reunião de ministros dos Negócios Estrangeiros dos 28, a Alta Representante da União Europeia (UE) para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança começou a sua intervenção lamentando a morte de dois membros da missão da União Europeia no Mali, um dos quais o militar português.

"Disse hoje de manhã que havia possibilidade de haver vítimas europeias. Infelizmente, posso confirmar que houve duas vítimas entre os nossos colegas da União Europeia: uma vítima portuguesa, que fazia parte da missão de formação a UE em Bamako, que visitei há duas semanas no Mali, e um colega natural do Mali que trabalhava para a delegação europeia", afirmou.

A chefe da diplomacia europeia disse querer "transmitir não só as condolências, mas também o respeito e admiração e apreço de toda a UE e também dos nossos colegas do Mali e do Sahel pelo trabalho que os nossos colegas [da UE] fazem na região, e em particular em Bamako".

"Isso demonstra a força da solidariedade entre UE e Mali e o Sahel, que não é apenas politica, é também nos factos. Trabalhamos juntos no terreno, cada dia, num local complicado, difícil e também perigoso", disse, reforçando que a "luta diária" vai continuar para derrotar os terroristas: "Estamos juntos e unidos na dor e também na reação", disse.

Mogherini acrescentou que esteve em contacto ao longo da manhã com o ministro dos Negócios Estrangeiros do Mali, que lhe expressou as suas condolências "pelas perdas" que a UE sofreu, "mas também o apreço do povo do Mali pelo apoio da UE na luta contra o terrorismo".

O Sargento-Ajudante Paiva Benido, militar português que morreu no Mali, na sequência do ataque no domingo, tinha 40 anos, casado e com duas filhas, era natural de Valongo e prestava serviço no Comando de Pessoal no Porto, disse à Lusa fonte do Exército.

O militar integrava o contingente nacional na Missão de Treino da União Europeia no Mali, composto por 10 elementos. Outros militares ficaram feridos no ataque nos arredores de Bamako, incluindo um português, que já se encontra completamente recuperado.

Lusa

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28