sicnot

Perfil

País

Três estradas nacionais e A13 cortadas devido a incêndios

Rafael Marchante

Três estradas nacionais e uma autoestrada nos distritos de Coimbra, Leiria, Castelo Branco e Viseu estavam esta manhã cortadas ao trânsito, devido aos incêndios, disse à Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

De acordo com a GNR, a A13 - Autoestrada do Pinhal Interior, no concelho de Penela, no distrito de Coimbra - está interdita ao trânsito, entre os quilómetros 183 e 172, referindo que a alternativa é sair no nó de Alvaiázere e voltar a entrar no nó de Penela.

Ainda na A13, o trânsito está cortado na freguesia de Avelar, concelho de Ansião, distrito de Leiria, entre os quilómetros 171 e 183, devido à ocorrência de incêndios, disse fonte da GNR.

No distrito de Castelo Branco, no concelho da Sertã, a Estrada Nacional 238 está cortada e a alternativa é a Estrada Nacional 348, referiu a GNR.

No concelho da Lousã, distrito de Leiria, está interdita a Estrada Nacional 236, via que está igualmente cortada no concelho de Castanheira de Pera, no distrito de Leiria, pelo que a alternativa é o IC3 - Itinerário Complementar da Estremadura e Ribatejo.

No distrito de Leiria, no concelho de Figueiró dos Vinhos, está também cortada a Estrada Nacional 347, revelou a GNR, referindo que "não há alternativa" a esta via.

De acordo com a informação divulgada na página de Internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), mais de 2.150 operacionais, auxiliados por 662 veículos e dez meios aéreos combatiam, às 08:30 de hoje, seis grandes incêndios nos distritos de Leiria, Coimbra, Castelo Branco e Bragança.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, até ao final de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano vão ser contratados novos assistentes de bordo, mas o sindicato diz que não chega.

  • "Um ataque e uma humilhação contra o povo catalão"
    1:35