sicnot

Perfil

País

Cheques dentista enviados para telemóvel ou mail para aumentar utilização

© Alkis Konstantinidis / Reuter

O Governo vai criar um boletim de saúde oral eletrónico e passar a emitir cheques dentista por via digital, através do telemóvel ou email. Segundo o novo programa Simplex+ 2017, pretende-se que os cheques dentista passem a ser enviados para o telemóvel ou correio eletrónico do encarregado de educação das crianças que usufruam deste apoio.

A nova funcionalidade vai permitir ainda que mensalmente seja reenviada para o encarregado de educação uma mensagem, recordando a possibilidade de usar o cheque dentista.

"Pretende-se a desmaterialização dos cheques, evitar o extravio e esquecimento do cheque e aumentar o uso dos cheques dentista", refere o Simplex+, numa das 172 novas medidas previstas.

As crianças de sete, dez e 13 anos que frequentam a escola pública têm direito a cheques dentista, que abrangem ainda jovens de 16 e 18 anos, que podem voltar a usufruir dos cheques desde que já tenham beneficiado do programa. Grávidas e idosos que recebem o complemento solidário estão também abrangidos.

O Governo tem ainda previsto criar um boletim de saúde oral a disponibilizar na área do cidadão do Portal do Serviço Nacional de Saúde (SNS), pretendendo que a medida comece a ser aplicada no segundo trimestre de 2018.

Também para o segundo trimestre próximo ano, está previsto criar o calendário digital de saúde, através do qual será possível gerir alertas de vacinação e atividades de rastreio, como por exemplo da retinopatia diabética, cancro do cólon e reto, cancro do colo do útero, infeção VIH/sida ou cancro da mama.

O Simplex+ 2017 estabelece também a criação de uma plataforma eletrónica interativa entre os ministérios da Saúde e da Justiça, "que contemple o circuito dos pedidos de relatórios clínicos por parte dos tribunais aos hospitais, para decisão de processos em curso, e a sua disponibilização digital pelos hospitais".

A ideia é diminuir os tempos de resposta entre o pedido e a sua disponibilização.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.