sicnot

Perfil

País

BE pede fim imediato do SIRESP privado, PSD responsabiliza Costa

Rafael Marchante, Reuters

O BE exigiu esta quarta-feira o fim imediato da parceria público privada do Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP), com o PSD a responsabilizar o primeiro-ministro pela vigência deste sistema.

Em plenário, na Assembleia da República, o projeto de resolução do Bloco de Esquerda (BE) para que o Governo denuncie o contrato do SIRESP, acabando com a sua componente privada na sequência de "sucessivas falhas" de funcionamento ao longo de mais de dez anos, foi acompanhada pelo PAN (Pessoas Animais e Natureza), "Os Verdes" e o PCP.

O PS, pela voz do seu vice-presidente da bancada Filipe Neto Brandão, criticou a oportunidade política da iniciativa do Bloco de Esquerda num momento em que se aguardam os resultados de uma série de relatórios sobre o funcionamento do SIRESP após a tragédia do incêndio de Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, ocorrida em junho passado.

PSD e CDS-PP criticaram duramente a iniciativa do BE, considerando que apenas visou "branquear" as responsabilidades do Governo na tragédia de Pedrógão Grande e "simular uma ação de oposição", com o vice-presidente da bancada do PSD Carlos Abreu Amorim a frisar mesmo neste debate que foi António Costa, enquanto ministro da Administração Interna, em 2006, quem assinou o contrato ainda em vigor que regula o SIRESP.

Lusa

  • "Se estivesse a governar estaria preocupado com o futuro e não só com o presente"
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • EUA negam ter declarado guerra à Coreia do Norte

    Mundo

    Os Estados Unidos negaram esta segunda-feira ter declarado guerra à Coreia do Norte e frisaram que Pyongyang não pode disparar contra os seus aviões em águas internacionais, em resposta a uma ameaça do ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.