sicnot

Perfil

País

Detidos por suspeitas de corrupção da Força Aérea começaram a ser ouvidos

Os 16 detidos na terça-feira pela Polícia Judiciária, por suspeitas de corrupção na Força Aérea, começaram a ser ouvidos esta quarta-feira, no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa. Entre os detidos, 12 são militares, um deles major-general, e quatro são empresários do ramo alimentar. A Polícia Judiciária fala numa fraude ao Estado de cerca de 10 milhões de euros.

  • Já foram detidos 18 militares da Força Aérea suspeitos de corrupção
    2:12

    País

    As suspeitas de corrupção na Força Aérea levaram esta terça-feira à detenção de mais 12 militares, um deles o major-general que controlava as compras para as messes. Na chamada Operação Zeus, foram ainda detidos quatro empresários ligados ao ramo da alimentação. Desde o início do processo que já foram detidos 18 militares, suspeitos de receberem subornos da sobrefaturação de produtos para as messes.

  • Major-general entre os 16 detidos no caso das messes
    1:18

    País

    Doze militares da Força Aérea, entre os quais um major-general, foram hoje detidos pela Polícia Judiciária. No total foram realizadas 16 detenções, no âmbito do processo Zeus que investiga crimes de corrupção nas messes. Em novembro já tinham sido detidas seis pessoas.

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50
  • Bebé polaco nasce bêbedo

    Mundo

    Uma mulher polaca de 34 anos deu à luz um bebé que nasceu bêbedo, devido ao elevado nível de alcoolismo da mãe.