sicnot

Perfil

País

PJ detém agricultor suspeito de atear fogo em Boticas

TIAGO PETINGA/ LUSA

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quarta-feira a detenção de um agricultor suspeito de atear um incêndio florestal em Boticas, distrito de Vila Real, e elevou para 30 os detidos este ano pelo crime de fogo posto.

O detido, de 57 anos, é suspeito de ser o responsável por um incêndio, ocorrido no dia 5 de abril, que colocou "em perigo uma vasta mancha florestal que apenas não foi consumida devido à rápida intervenção dos meios de combate, designadamente dos bombeiros".

O agricultor vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

A detenção foi efetuada pela Unidade Local de Investigação Criminal da PJ de Vila Real que, desde o dia 26 de junho, já anunciou a detenção de seis suspeitos de fogo posto na sua área de jurisdição, que se estende aos concelhos do Douro Sul.

Durante o ano de 2017, a Polícia Judiciária identificou e deteve, em todo o país, 30 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Lusa

  • UGT reivindica que salário mínimo ultrapasse os 600€
    0:26

    Economia

    O secretário-geral da UGT reivindica que até 2019 o salário mínimo nacional ultrapasse os 600 euros. Este sábado, num congresso distrital na Guarda, Carlos Silva considerou que o Governo tem condições para ir mais além e voltou a defender que para o próximo ano o patamar mínimo para a negociação deve ser os 585 euros.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.