sicnot

Perfil

País

PS contra nacionalização do SIRESP "no imediato" mas disponível para mudanças

MIGUEL A. LOPES

O PS disse esta quarta-feira ser contra a nacionalização do SIRESP no imediato, como pretende o BE, mas manifestou-se disponível para "votar e aprovar" o que se venha a demonstrar ser relevante para aumentar "a segurança e tranquilidade" das populações.

No debate parlamentar do projeto do BE que exige o fim imediato da parceria público privada (PPP) do Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP), o deputado socialista José Miguel Medeiros considerou que será necessário "reforçar a rede e natureza do serviço" mas defendeu que as queixas reportadas não parecem derivar do modelo de propriedade do sistema.

"Naturalmente, não corroborando a ideia de avançar para uma nacionalização do sistema, pelo menos no imediato, [o PS] não deixa de acompanhar as preocupações manifestadas pelo BE. Na altura própria, estaremos disponíveis para votar e aprovar aquilo que for relevante para que doravante as populações do nosso país sintam a segurança e tranquilidade necessárias sempre que acontecerem tragédias como esta", disse, numa referência ao incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande e causou pelo menos 64 mortes.

Lusa

  • Mosquito transmissor da dengue detetado em Portugal

    País

    Uma espécie de mosquito que é transmissor do vírus da dengue foi identificado pela primeira vez em Portugal, na região Norte do país, anunciou esta quarta-feira a Direção-geral da Saúde (DGS) e o Instituto Doutor Ricardo Jorge.

  • Marcelo não comenta proposta sobre nomeação do governador do BdP
    0:14

    Economia

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar a proposta do grupo de trabalho para a reforma da supervisão financeira, que recomenda que o governador do Banco de Portugal seja nomeado pelo Presidente da República. Marcelo não quis comentar o assunto esta quarta-feira durante a tomada de posse do Reitor da Universidade de Lisboa.

  • Habitantes da favela da Rocinha temem novo episódio violento
    2:54

    Mundo

    Localizada no Rio de Janeiro, a Rocinha, maior favela do Brasil, foi palco de um tiroteio entre traficantes, no último fim de semana. Agora, pelo terceiro dia consecutivo, a polícia do Rio de Janeiro está a fazer um cerco em algumas favelas cariocas à procura de traficantes. A comunidade está assustada e receia que episódios violentos como este se repitam.