sicnot

Perfil

País

Diretor do Instituto Macrobiótico de Portugal desaparecido no mar

Google Maps

O diretor do Instituto Macrobiótico de Portugal, Francisco Varajoto, desapareceu esta quinta-feira, enquanto estava a fazer mergulho com amigos, perto do Cabo Espichel, em Sesimbra. As buscas estão a decorrer por via aérea e marítima.

Francisco Varajoto saiu esta manhã de Sesimbra, num barco próprio para a prática de mergulho e acompanhado de um grupo de quatro amigos.

Assim que mergulharam, os cinco lançaram a bóia de sinalização. Só quando voltaram à superfície, é que os restantes mergulhares deram conta da falta do diretor do Instituto Macrobiótico.

"Infelizmente, posso confirmar que o mergulhador desaparecido é o senhor Francisco Varatojo, numa situação que lamentamos muito. Era um grupo que costumava mergulhar", disse Leandro Pereira, da escola de mergulho Megadive.

O mergulhador desapareceu na zona da Pedra de Arcanzil, entre o Cabo Espichel e o Porto da Baleeira.

O capitão do Porto de Setúbal referiu que receberam a informação da escola de mergulho que o mergulhador desaparecido se trata de Francisco Varatojo, mas as autoridades não confirmam a identidade do desaparecido.

Assim que ocorreu o acidente, as autoridades foram logo contactadas e de imediato foi para o local uma equipa de mergulho da Polícia Marítima, apoiada por uma lancha e uma moto de água.

"De seguida, juntaram-se às buscas mais uma lancha da Polícia Marítima, o navio Orion da Marinha e foi solicitada a presença de um helicóptero da Força Aérea", explicou.

Luís Nicholson Lavrador referiu que as buscas continuam a decorrer. "Já efetuámos três mergulhos hoje e planeamos fazer ainda mais dois, mas até ao momento ainda não detetámos nada", salientou.

Com Lusa