sicnot

Perfil

País

Esquerda deixa passar projeto do CDS sobre direitos das pessoas em fim de vida

As bancadas da esquerda viabilizaram esta quinta-feira, pela abstenção, um projeto de lei dos centristas pelos direitos das pessoas doentes em fim de vida.

Com esta votação, na generalidade, o projeto de lei baixa à comissão parlamentar de Saúde, com os apoio do CDS, PSD e a abstenção do PS, PCP, BE, PEV e PAN.

Durante o debate, o CDS apelou a um consenso, "sem preconceitos ideológicos", com os restantes grupos parlamentares, a que os partidos de esquerda responderam com a acusação de que este diploma é uma "lei anti-eutanásia".

No debate, o PSD secundou o apelo a um consenso dos partidos quanto ao projeto de lei do CDS pelos direitos das pessoas em fim de vida, afirmando tratar-se de uma "magna carta" destas pessoas.

Às criticas de que o projeto centrista não é inovador e propõe numa lei aquilo que já está previsto noutras leis já em vigor, Ângela Guerra afirmou tratar-se de "congregar num único diploma o conjunto de direitos das pessoas que se encontram numa situação de especial vulnerabilidade".

O objetivo, afirmou, é a lei "servir de magna carta dos direitos das pessoas doentes e em fim de vida".

A deputada social-democrata apontou ainda ao Governo, lembrando que está por regulamentar o estatuto do cuidador e que falta concretizar medidas para o aumento de camas nos cuidados continuados e paliativos.

Lusa

  • CDS volta ao debate da eutanásia
    1:05

    País

    O CDS agendou para quinta-feira um debate no Parlamento, para discutir os direitos das pessoas em fim de vida. Os centristas querem que a sedação paliativa em fim de vida seja inscrita na lei, à semelhança do que aconteceu em França. 

  • Carro do suspeito de rapto de Maelys fotografado por radar a alta velocidade
    1:16

    Mundo

    Praticamente um mês depois do desaparecimento de Maelys de Araújo, as autoridades francesas continuam a fazer buscas para tentar encontrar a menina lusodescendetnte de 9 anos. Entretanto, um jornal francês revelou que o carro do homem suspeito de rapto terá sido fotografado, por um radar, a alta velocidade na noite do desparecimento.

  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Terra volta a termer no México

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6,2, na escala de Richter, foi registado às 05h30, hora local, 23h30, em Lisboa. Até ao momento não há registo de vítimas ou danos materiais.

  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04

    Mundo

    O Presidente francês volta hoje a ser alvo de manifestações contra a reforma laboral. Os protestos foram organizados por Jean Luc Melenchon, o candidato da extrema-esquerda que concorreu contra Macron.

  • Icebergue com 5.800 quilómetros quadrados está a deslocar-se na Antártida

    Mundo

    Um icebergue gigante está a deslocar-se na Antártida em direção ao mar de Weddell segundo as imagens de satélite reveladas. Trata-se do A68, um icebergue quatro vezes maior que a cidade de Londres. Com cerca de 5.800 quilómetros quadrados e triliões de toneladas, A68 é um dos maiores icebergues conhecidos.