sicnot

Perfil

País

PJ de Braga ouve Mesquita Machado em inquérito sobre alegada gestão danosa

A Polícia Judiciária ouviu hoje de manhã o ex-presidente da Câmara de Braga Mesquita Machado, num inquérito por alegada gestão danosa e prevaricação num contrato celebrado entre a autarquia e o Sporting de Braga, disse à Lusa fonte policial.

O coordenador da Polícia Judiciária de Braga, Gil Carvalho, adiantou que o ex-autarca socialista Mesquita Machado foi inquirido durante a manhã de hoje e que aquele contrato, que remonta a 2004, "foi um dos temas" abordados.

Questionado pela Lusa, não adiantou os outros temas da inquirição.

A Lusa tentou ouvir Mesquita Machado, mas sem sucesso.

Segundo hoje avançado pelo Jornal de Notícias, aquele contrato assinado entre o município e o Sporting Clube de Braga visava a gestão do novo estádio municipal, construído para Europeu de 2004.

De acordo com o JN, "o inquérito deve-se ao facto de o contrato que permitia ao clube usufruir das instalações do estádio, determinava, à época, o pagamento de 500 euros mensais ao município, seis mil euros por ano, quando este arcava com as despesas de eletricidade e outras, [que] somavam cerca de 100 mil".

Entre 2004 e de 2013, "a câmara recebeu 54 mil euros de rendas e pagou de despesas, a favor do clube, quase 900 mil".

Lusa

  • Penélope Cruz diz que contos de fadas são muito machistas

    Cultura

    Penélope Cruz revelou recentemente o sentimento de descontentamento com os contos de fadas que, a seu ver, são muito machistas. A atriz de 43 anos confessou que lê as histórias aos filhos, Leonardo de sete anos e Luna de quatro, mas que opta por alterar sempre o final.

    SIC

  • Kurt Cobain homenageado no dia em que faria 51 anos

    Cultura

    No dia em que faria 51 anos, se estivesse vivo, Kurt Cobain foi homenageado pela viúva, Courtney Love, e a filha do casal, Frances Bean. Através de publicações no Instagram, mãe e filha lembraram o fundador, vocalista e guitarrista dos Nirvana, que vai ficar para sempre na história da música.

    SIC

  • Google Maps esconde mansão de Puigdemont na Bélgica

    Mundo

    Depois de fugir de Espanha, Carles Puigdemont refugiou-se na Bélgica para evitar uma possível extradição. O refúgio que encontrou foi uma mansão no município de Waterloo, por 4.400 euros ao mês. Agora, a pedido do ex-presidente do Governo da Catalunha, essa mesma mansão foi "apagada" do Google Maps.

    SIC

  • 50 empresas estão a recrutar na Universidade Católica
    1:46

    Economia

    A Universidade Católica de Lisboa reuniu 50 empresas nacionais e internacionais numa feira de emprego esta terça-feira e amanhã. As empresas procuram novos candidatos para os lugares que têm disponíveis nos departamentos de Economia, Finanças e Gestão.