sicnot

Perfil

País

Praias do litoral alentejano que faltava vigiar já têm nadadores salvadores

As cinco praias do litoral alentejano, nos concelhos de Odemira, Sines e Santiago do Cacém, que no início desta semana ainda não estavam vigiadas, já têm nadadores salvadores, disse esta sexta-feira o capitão do porto de Sines.

"Em Santiago do Cacém, a praia da Fonte do Cortiço, em Sines, as praias de Morgavel e da Ilha do Pessegueiro e, em Odemira, as praias de Almograve e Alteirinhos já estão vigiadas por nadadores salvadores", adiantou à agência Lusa o comandante Manuel Sá Coutinho, responsável do porto de Sines, no distrito de Setúbal.

Na terça-feira passada, estas eram as únicas praias do litoral alentejano classificadas como zonas balneares que ainda não tinham nadadores salvadores.

Nestas praias, que não têm concessionário e que são classificadas como zonas balneares, a vigilância tem sido assegurada pelos municípios, que o têm feito através da Associação de Nadadores Salvadores do Litoral Alentejano - Resgate.

Contactado pela agência Lusa, o presidente da Resgate, António Mestre indicou faltar apenas colocar nadadores salvadores na nova praia fluvial da Barragem de Santa Clara, no concelho de Odemira, no distrito de Beja.

O vice-presidente do município de Odemira, Ricardo Cardoso, adiantou à agência Lusa estar a envidar esforços para resolver a situação ainda hoje, assegurando que, até ao final do dia, vai ser hasteada a Bandeira Azul, galardão que tem como um dos critérios de atribuição a presença de nadadores salvadores nas zonas balneares.

Vigiadas por nadadores salvadores na região estão as praias da Costa de Santo André e Fonte do Cortiço, em Santiago do Cacém, as praias Vasco da Gama, São Torpes, Morgavel, Vieirinha, Grande de Porto Covo e Ilha do Pessegueiro, em Sines, e as praias do Malhão, Farol, Furnas, Franquia, Almograve, Zambujeira do Mar, Almograve e Carvalhal, em Odemira.

Para reforçar a segurança das praias costeiras não vigiadas dos três concelhos, a Capitania do Porto de Sines, através do programa "Seawatch", mantém duas viaturas todo-o-terreno, do modelo Amarok, preparadas para assistência a banhistas e socorro a náufragos, em circulação diária pela costa, com militares fuzileiros com formação de nadador salvador.

A preferência por praias vigiadas, seguir as recomendações dos nadadores salvadores, evitar comportamentos de risco e estar atento às crianças na água são algumas das recomendações dadas aos banhistas pelo capitão do porto de Sines.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.