sicnot

Perfil

País

Governo admite que resultados económicos vão ser secundarizados no debate

Governo admite que resultados económicos vão ser secundarizados no debate

A antecipação do debate de amanhã do estado da Nação foi feita pelos partidos, ainda antes de serem conhecidas as demissões no Governo. O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, admite que os temas da atualidade, como a tragédia em Pedrógão Grande, vão ultrapassar os assuntos económicos.

  • Direita vai levar Tancos e Pedrógão Grande ao estado da Nação
    1:09

    País

    Amanhã há debate do estado da Nação no Parlamento. As demissões dos três secretários de Estado, o assalto a Tancos e o incêndio de Pedrógão Grande devem marcar a sessão. Os líderes parlamentares do CDS e do PSD, Nuno Magalhães e Luís Montenegro, garantem que vão confrontar o Executivo também, por exemplo, com a questão das cativações.

  • Penélope Cruz diz que contos de fadas são muito machistas

    Cultura

    Penélope Cruz revelou recentemente o sentimento de descontentamento com os contos de fadas que, a seu ver, são muito machistas. A atriz de 43 anos confessou que lê as histórias aos filhos, Leonardo de sete anos e Luna de quatro, mas que opta por alterar sempre o final.

    SIC

  • Kurt Cobain homenageado no dia em que faria 51 anos

    Cultura

    No dia em que faria 51 anos, se estivesse vivo, Kurt Cobain foi homenageado pela viúva, Courtney Love, e a filha do casal, Frances Bean. Através de publicações no Instagram, mãe e filha lembraram o fundador, vocalista e guitarrista dos Nirvana, que vai ficar para sempre na história da música.

    SIC

  • Google Maps esconde mansão de Puigdemont na Bélgica

    Mundo

    Depois de fugir de Espanha, Carles Puigdemont refugiou-se na Bélgica para evitar uma possível extradição. O refúgio que encontrou foi uma mansão no município de Waterloo, por 4.400 euros ao mês. Agora, a pedido do ex-presidente do Governo da Catalunha, essa mesma mansão foi "apagada" do Google Maps.

    SIC

  • 50 empresas estão a recrutar na Universidade Católica
    1:46

    Economia

    A Universidade Católica de Lisboa reuniu 50 empresas nacionais e internacionais numa feira de emprego esta terça-feira e amanhã. As empresas procuram novos candidatos para os lugares que têm disponíveis nos departamentos de Economia, Finanças e Gestão.