sicnot

Perfil

País

"Obviamente que não demito nenhum ministro"

"No dia em que o primeiro-ministro e o Presidente da República entrarem numa competição de popularidade o país tem motivos para se preocupar, porque isso não corresponde ao regular funcionamento das instituições democráticas." António CostaExpresso, 19-08-2017

Lusa

O primeiro-ministro, António Costa, respondeu hoje ao pedido de demissão dos ministros da Administração Interna e da Defesa Nacional feito pela líder do CDS, afirmando que "obviamente" não os demite.

"Obviamente que não demito nenhum ministro, obviamente que não demito a ministra da Administração Interna, obviamente que não demito o ministro da Defesa Nacional. Deixe-me dizer-lhe uma outra coisa ainda mais fácil: tudo aquilo que qualquer uma das minhas ministras ou dos meus ministros fizer, será sempre responsabilidade minha", afirmou António Costa.

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, tinha terminado a sua primeira intervenção no debate do estado da Nação pedindo ao chefe do executivo que dissesse "cara a cara": "Vai ou não demitir a sua ministra da Administração Interna? Vai ou não demitir o seu ministro da Defesa Nacional?".

"Se mantiver tudo como está, então, tudo, mas tudo o que acontecer daqui para a frente nestas áreas já não tem qualquer para-raios, tudo lhe será assacado a si diretamente. A sua responsabilidade passa a ser sua e só sua", defendeu a líder centrista.

A resposta do primeiro-ministro utiliza uma expressão do general Humberto Delgado durante a campanha presidencial de 1958, quando questionado sobre o futuro de Salazar se ganhasse a eleição: "Obviamente demito-o!", foi a célebre resposta dada durante uma conferência de imprensa.

O CDS-PP foi o único partido até ao momento a pedir a demissão da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, e do ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, justificando o pedido de saída dos governantes com a quebra de confiança com os cidadãos na sequência da tragédia de Pedrogão Grande e do roubo de armamento militar em Tancos.

Na réplica a Assunção Cristas, o primeiro-ministro defendeu ser "absolutamente extraordinário" que a presidente do CDS se tenha convertido a "uma espécie de keynesianismo radical", pela defesa que faz do investimento público, depois de ter integrado um Governo responsável por cortes de 17% na educação e na saúde.

Em matérias de soberania, prosseguiu o contra-ataque do primeiro-ministro, o Governo PSD/CDS-PP "cortou 26% com a Defesa, 4% com segurança e ordem pública e 31% com a Proteção Civil".

"O nosso balanço é de inversão destes cortes", defendeu o primeiro-ministro, que argumentou que "o respeito pelas instituições tem de existir além do debate político" e que "as Forças Armadas não podem ser arma de arremesso político".

Lusa

  • Ministro garante segurança nas escolas com uso de poliuretano
    0:52

    País

    O ministro da Educação garante que as escolas estão em segurança e que não há perigo com um material como o poliuretano. Tiago Brandão Rodrigues respondia, esta quarta-feira, a uma pergunta dos Verdes sobre a substituição de amianto nas escolas.

  • Estoril garante que estrutura da bancada não está em causa
    2:23

    Desporto

    O Laboratório Nacional de Engenharia Civil deverá emitir esta quinta-feira um parecer preliminar sobre a bancada norte do estádio do Estoril-Praia. O clube garante que a estrutura não está em causa e que, tal como a câmara de Cascais, aguarda por conclusões para uma edificação feita no vale da Amoreira.

  • "Quem me dera que a bancada do Estoril fosse com o c......"

    Desporto

    Depois da polémica no jogo entre Estoril-Praia e FC Porto, um cântico polémico da claque do Sporting sobre a bancada do estádio António Coimbra da Mota que obrigou à interrupção do jogo da passada segunda-feira. Tudo aconteceu durante um jogo do campeonato de hóquei em patins entre leões e dragões.

  • Ronaldo estará mesmo de saída do Real Madrid
    2:01
  • Várias alternativas para vender a sua casa
    8:58
  • Encontradas 86 pedras preciosas numa casa em Albufeira
    0:48
  • Registada em vídeo explosão de meteoro nos EUA
    0:42
  • "A Rússia não nos ajuda nada na Coreia do Norte"

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, condenou esta quarta-feira a postura da Rússia sobre a situação da Coreia do Norte, afirmando que o país está a minar os esforços internacionais em curso para isolar o regime de Kim Jong-Un.

  • Polícia descobre arte de esconder 750 quilos de droga em ananases
    2:25
  • Moscovo só teve seis minutos de luz solar em dezembro

    Mundo

    Os portugueses estão tão habituados ao sol, que nunca imaginariam passar um mês inteiro sem ele. O fenómeno aconteceu na capital russa. Moscovo bateu o recorde em dezembro, quando passou o mês inteiro sem luz solar direta. As pessoas de Moscovo viram o sol apenas durante seis minutos e a espreitar timidamente por entre as nuvens.

  • A maior lua de Saturno tem nível do mar tal como a Terra

    Mundo

    Titã, a maior lua de Saturno, tem uma altura média da superfície do mar, tal como a Terra, revela um estudo divulgado esta quarta-feira, que se baseia em observações feitas pela sonda norte-americana Cassini, cuja missão terminou em setembro.