sicnot

Perfil

País

Primeiro festival de verão para cães em Portugal

@doggaacademy / facebook

Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, recebe a 29 e 30 de julho o primeiro festival de verão para cães em Portugal - "Dogga´live" - com atividades para as famílias e os animais, adiantou esta quarta-feira à Lusa a organização.

"O evento visa proporcionar um fim de semana para famílias e seus cães com um programa que inclui atividades lúdicas e formação gratuita, tendo subjacente um conceito de educação totalmente assente numa metodologia positiva", referiu a Dogga Academy for Dogs, instituição que se dedica ao treino canino e responsável pelo evento.

O recinto em Vila Nova de Gaia, o mesmo onde decorre este fim de semana o festival Marés vivas, vai ter espaços amplos e delimitados para o desenvolvimento de atividades caninas, incluindo um open space para sociabilização e ações de formação, zonas de merendas e restauração, áreas para crianças com jogos tradicionais, mercadinhos com barracas de serviços e comércio relacionado com o mundo canino.

Além de áreas de restauração para as famílias, o "Dogga'live" disponibilizará os mesmos espaços para os cães, proporcionando assim a hipótese de uma refeição gourmet.

O programa inclui a apresentação de raças portuguesas, um Dog Rally (concurso de obediência onde se pretende promover relações positivas entre cães e donos), uma caça ao tesouro, corridas caninas, um labirinto formado por fardos de palha para proporcionar um momento de diversão para toda a família e pontos de animação de rua.

"Sendo a responsabilidade social um fator importante, o evento contará com stands de associações de bem-estar animal do distrito do Porto que, além de promoverem as suas atividades internas, terão um papel relevante na sensibilização das famílias para a adoção de cães", disse a Dogga Academy for Dogs.

Aquando da aquisição do bilhete, com um valor simbólico de um euro, os donos dos animais terão de os submeter a uma avaliação por uma equipa de especialistas em comportamento animal para serem identificados "potenciais" sinais de agressividade grave a pessoas ou outros cães.

E, a existirem, serão proibidos de entrar no recinto, explicou a organização, sublinhando que adicionalmente a entrada não será franqueada sempre que se verifique a utilização de materiais de contenção abusivos, como coleiras estranguladoras, de picos ou de choques elétricos.

Parte das receitas do evento será doada à associação de defesa e bem-estar animal que apresentar melhores práticas de gestão e organização.

O "Dogga'live" tem o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia e da Águas de Gaia, sendo promovido pela Dogga Academy for Dogs, instituição que se dedica ao treino canino pelo conceito "No pain, No force, No fear" (sem dor, sem força, sem medo) focado na estimulação cognitiva dos animais com reforço positivo.

A Dogga Academy for Dogs foca-se na estimulação cognitiva dos cães e na formação dos tutores.

E, por este meio, alcança resultados que previnem eventuais abandonos dos animais e melhoram, sobretudo, as suas relações intra e inter espécie.

O nome Dogga vem da filosofia Dog Yoga, conceito que propõe transformar os cães em cães "zen", ou seja, em Yoga Dogs - Dogga.

Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.