sicnot

Perfil

País

Risco elevado de incêndio no continente nos próximos dias

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou esta quarta-feira para "um agravamento significativo" do risco de incêndio no continente, a partir de quinta-feira, com previsão de índice muito elevado e máximo no Algarve e regiões do interior.

Num aviso à população, a ANPC refere que, com base em informações do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), se prevê para os próximos dias um "agravamento das condições meteorológicas, com uma subida gradual da temperatura máxima até sábado" e "redução da humidade relativa do ar, sem retorno significativo durante a noite".

Perante as previsões meteorológicas, a ANPC advertiu para um "índice de risco de incêndio muito elevado e máximo na região do Algarve, e em todas as regiões do interior", acrescentando que, a partir de quinta-feira, "o risco de incêndio apresenta um agravamento significativo em todo o território continental".

Na quinta-feira está previsto vento em geral fraco do quadrante norte, soprando moderado (até 35 quilómetros/hora) no litoral oeste, em especial durante a tarde, e nas terras altas, onde pode soprar com intensidade (até 40 quilómetros/hora).

Segundo as previsões espera-se o aumento da temperatura máxima para valores que podem atingir os 44 graus em algumas regiões do interior e valores acima dos 30 graus no restante território.

A temperatura mínima, em especial no Algarve (no sotavento) e no interior do Alentejo, pode atingir valores entre os 24 e os 27 graus, enquanto a humidade relativa do ar deverá registar valores entre os 10% e os 30%, refere o aviso da Proteção Civil.

Para sexta-feira, prevê-se um aumento da intensidade do vento soprando moderado (até 35 quilómetros/hora) no litoral oeste e nas terras altas, em especial durante a tarde, assim como o aumento da temperatura máxima na região norte.

Em função da previsão da evolução das condições meteorológicas, a ANPC salienta que "é expectável" um período de "tempo quente e seco" e "vento moderado com permanência de condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios florestais".

Além de recordar as medidas preventivas a observar perante o risco de incêndio, como a proibição de realização de queimadas e lançamento de foguetes, a ANPC recomendou a "adoção de medidas de prevenção e precaução" pelos cidadãos.

Lusa

  • Encontrados destroços do avião que caiu no Irão

    Mundo

    As autoridades iranianas encontraram destroços do avião que caiu no domingo no sudeste do país, matando as 66 pessoas que seguiam a bordo, revelou um porta-voz da Guarda Revolucionária, o exército de elite do regime.

  • 2,6 milhões de bebés morrem antes de completar um mês

    Mundo

    Os recém-nascidos no Paquistão, República Centro-Africana e Afeganistão são os que têm menor probabilidade de sobreviver, de acordo com um relatório da Unicef que revela que todos os anos 2,6 milhões de crianças morrem antes de completar um mês. Sobretudo nos países mais pobres do mundo, o número de mortes de recém-nascidos a nível global mantém-se assustadoramente elevado.

  • Galp regista lucro de 602 M€ em 2017 

    Economia

    A Galp registou um lucro de 602 milhões de euros no ano passado. Uma subida de 25 por cento em relação a 2016. De acordo com a empresa, os resultados devem-se sobretudo ao aumento da produção de petróleo e gás natural no Brasil, bem como o crescimento dos negócios da refinação e distribuição.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC