sicnot

Perfil

País

Costa agradece a secretários de Estado exonerados e deseja felicidades aos novos 

O primeiro-ministro, António Costa, agradeceu aos secretários de Estado exonerados "pelo contributo que deram ao Governo e aos portugueses" e desejou felicidades aos oito novos governantes.

"Só queria dizer duas palavras: primeiro, de agradecimentos aos senhores e senhoras secretários de Estado que hoje cessaram funções pelo contributo que deram ao governo e aos portugueses. E uma segunda palavra aos que hoje iniciam funções desejando, naturalmente, que tenham as maiores felicidades no exercício dessas funções para executarmos bem o programa do Governo", afirmou António Costa.

O primeiro-ministro fez uma curta declaração aos jornalistas no final da tomada de posse de oito novos secretários de Estado no Palácio de Belém.Minutos antes, ainda na Sala dos Embaixadores, onde decorreu a cerimónia de posse, o primeiro-ministro fez questão de ir cumprimentar os ex-secretários de Estado presentes, começando por Margarida Marques, a quem deu dois beijinhos, e disse "muito obrigado".

No final da cerimónia de posse, além de António Costa, apenas o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, fez um breve comentário aos jornalistas, dizendo que Amândio Torres deixou o cargo de secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural "a seu pedido".

"Aquilo que queremos é capacidade para pôr em marcha a reforma das florestas", disse, quando questionado sobre o que espera desta alteração.

O Presidente da República deu hoje posse a oito novos secretário de Estado naquela que é a maior mudança no executivo de António Costa desde que tomou posse, em 26 de novembro de 2015.Após a demissão de três secretários de Estado - Fernando Rocha Andrade (Assuntos Fiscais), Jorge Costa Oliveira (Internacionalização) e João Vasconcelos (Indústria) - na sequência do caso das viagens pagas pela Galp para assistirem a jogos de futebol do Euro2016, o primeiro-ministro aproveitou para efetuar mexidas em cinco ministérios e criar uma nova Secretaria de Estado, da Habitação, que terá como titular a arquiteta Ana Pinho.

Ao todo, no Palácio de Belém, tomaram posse oito secretários de Estado. Além da nova secretária de Estado da Habitação, com gabinete no Ministério do Ambiente, entram para o executivo Ana Paula Zacarias (Assuntos Europeus), Eurico Brilhante Dias (Internacionalização), Tiago Antunes (Presidência do Conselho de Ministros), Maria de Fátima Fonseca (Administração e Emprego Público), António Mendonça Mendes (Assuntos Fiscais), Ana Teresa Lehmann (Indústria) e Miguel João de Freitas (Florestas e Desenvolvimento Rural).

O "ajustamento" no Governo, como definiu o primeiro-ministro, envolve cinco ministérios: Negócios Estrangeiros, Presidência e Modernização Administrativa, Finanças, Economia, e Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.