sicnot

Perfil

País

Desmantelada rede de tráfico de carne de cavalo com ligação a Portugal

A polícia espanhola prendeu 65 pessoas numa operação coordenada com a Europol que visou uma rede que vendia como carne de vaca carne de cavalo de animais impróprios para consumo, parte deles originários de Portugal.

Segundo um comunicado da Europol, o caso remonta a 2013, quando as autoridades irlandesas encontraram carne de cavalo em hambúrgueres de vaca, contaminada com um medicamento anti-inflamatório, e começaram a investigar a sua proveniência, acabando num negociante de carne holandês, que também foi detido na Bélgica.

Em 2016, a Guardia Civil descobriu que havia animais idosos, doentes, feridos ou considerados impróprios para consumo em dois matadouros, provenientes de Portugal e do norte de Espanha, cujos documentos eram alterados para introduzir no mercado a carne, que era enviada para a Bélgica.

Além das autoridades portuguesas e espanholas, colaboraram na investigação polícias de outros países afetados, como França, Itália, Roménia, Suíça e Reino Unido e a agência federal para os alimentos belga.

Os detidos são acusados de crimes contra animais, falsificação de documentos, obstrução à justiça, crimes contra a saúde pública, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Foram apreendidas cinco viaturas de luxo, bloqueadas várias contas bancárias e apreendidas propriedades.

O chefe da rede tinha colocado homens da sua confiança à frente da operação de falsificação em cada um dos países.

Lusa

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06