sicnot

Perfil

País

Situação "francamente melhor" em Alijó, mas fogo ainda não está dominado

Situação "francamente melhor" em Alijó, mas fogo ainda não está dominado

No último balanço feito esta manhã em Alijó, o comandante Pedro Nunes, adjunto do comando nacional da Proteção Civil, admite que ainda há quatro frente ativas e dificuldades no terreno e no estado do tempo. No local estão mais de 450 bombeiros, quatro aviões e cerca de 200 viaturas.

  • Quatro aviões e 450 bombeiros no combate ao fogo em Alijó
    0:36

    País

    O fogo continua a destruir hectares de mato em Alijó, no distrito de Vila Real. A esta hora, mais de 400 operacionais combatem as chamas, depois dos meios terem sido reforçados durante a noite, com cinco grupos, de cerca de 30 elementos cada, provenientes da zona sul do país e de Viana do Castelo.

  • População já regressou a Vila Chã
    0:48

    País

    Cerca de 150 bombeiros vão reforçar o combate ao incêndio que deflagrou em Vila Chã, Alijó, distrito de Vila Real, onde estão mobilizados 330 operacionais, e as pessoas que foram retiradas das aldeias por precaução já regressaram a casa. A confirmação foi dada já de madrugada pelo comandante distrital de operações de socorro de Vila Real, Álvaro Ribeiro.

  • Vento forte dificulta combate às chamas em Alijó
    3:03

    País

    Um helicóptero caiu este domingo à tarde na barragem de Vila Chã, em Alijó. O aparelho ajudava no combate às chamas do incêndio que começou de madrugada e que continua por dominar. O fogo chegou a ser dado como dominado, mas o vento forte tem dificultado o trabalho dos operacionais.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.