sicnot

Perfil

País

Associação de pesca "perplexa" com recomendação para suspender pesca da sardinha

© Nacho Doce / Reuters

O Conselho Internacional para a Exploração do Mar recomenda a suspensão da pesca da sardinha por quinze anos e diz que a estratégia de Portugal e Espanha não está a ser preventiva. O presidente da Associação de Produtores da Pesca do Cerco disse hoje estar "perplexo" com o "cenário apocalíptico" e injustificado.

O presidente da Associação Nacional das Organizações de Produtores da Pesca do Cerco (ANOP-Cerco) comentava, em declarações à agência Lusa, a notícia do Jornal de Negócios, de que o Conselho Internacional para a Exploração do Mar, organismo científico que aconselha a Comissão Europeia sobre as quotas de captura de peixe, recomenda a suspensão total da sardinha por um período mínimo de 15 anos.

O parecer do organismo científico, que não é vinculativo e a que o Jornal de Negócios teve acesso, diz que "Portugal deve parar por completo a pesca da sardinha e durante um período mínimo de 15 anos para que o stock de sardinha regresse a níveis aceitáveis".

"Estamos perplexos. Discordamos totalmente deste parecer e não o compreendemos de todo. Não compreendemos como passamos de um cenário relativamente positivo, com uma ligeira recuperação do recurso e com base na recomendação do ano anterior, para este cenário tão pessimista, eu diria até apocalíptico", disse à Lusa Humberto Jorge.

O presidente da ANOP - Cerco disse que a associação discorda "do cenário traçado", porque o que "se está a verificar no terreno é uma abundância e regularidade das capturas e desembarques como há muitos anos não se verificava".

"Discordamos e não compreendemos de todo como se passa de uma situação de relativo otimismo para um cenário apocalíptico, quando este parecer não contém absolutamente nenhuma informação científica nem profissional, desde outubro do ano passado e até agora", frisou.

Segundo Humberto Jorge, as informações científicas recolhidas durante o ano de 2017 não estão contidas no parecer do organismo científico.

Humberto Jorge lembra que o stock tem problemas há cerca de 10 anos, sobretudo com recrutamento de juvenis, por motivos que nem os cientistas sabem explicar, embora possam estar relacionados com alterações climáticas, que não têm a ver com a pesca.

"Temos reconhecido o problema e diminuímos o período de atividade, ao longo de dez anos, para níveis mínimos como nunca tivemos, mas também é um facto que assistimos a uma permanente estabilização da biomassa e, neste último ano, até a uma melhoria da biomassa na faixa portuguesa", disse.

Por isso, a associação não compreende esta recomendação com um cenário tão negro.

"Espero que Portugal, Espanha e a Comissão Europeia, não tanto a Comissão Europeia, porque têm uma tendência forte para seguir estes pareceres, consigam contrariar esta vontade que não se baseia em dados científicos recentes, nem em dados profissionais recente", concluiu.

Em declarações ao Negócios, o secretário de Estado das Pescas, José Apolinário, esclareceu que este relatório não dispõe de informação atualizada, respeitante às zonas Centro e Norte do país - que só deverá chegar nos próximos meses e do qual resultará uma recomendação ao país".

Lusa

  • Os efeitos dos incêndios na natureza
    2:46

    País

    Cheias frequentes, erosão dos solos e contaminação dos rios e albufeiras são as previsões unânimes da comunidade científica para os próximos tempos, na sequência dos incêndios florestais. À SIC, o hidrobiólogo Adriano Bordalo Sá e o investigador de recursos florestais Rui Cortes alertam: é necessário começar a tratar da terra queimada o mais rapidamente possível.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta esta terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • O preconceito em relação aos transexuais
    34:09
  • "Isto destrói famílias"
    0:46
  • Falta de gado ameaça produção do queijo da Serra da Estrela
    3:35

    País

    A devastação provocada pelos últimos incêndios foi um rude golpe na economia da região Centro do país. Algumas empresas já começaram os trabalhos de reconstrução, mas os produtores de gado temem não conseguir repôr os animais, deixando em risco a produção do queijo Serra da Estrela.

  • Eurodeputados homenageiam vítimas dos fogos
    1:38

    País

    A União Europeia vai doar os 50 mil euros do prémio Princesa das Astúrias às populações afetadas pelos incêndios em Portugal e Espanha. A Comissão Europeia continua a avaliar o pedido ao Fundo Europeu de Solidariedade, mas o pedido deverá ainda ser atualizado para incluir os prejuízos causados pelos incêndios da semana passada.