sicnot

Perfil

País

Ativados planos de emergência de Coimbra e Miranda do Corvo

Ativados planos de emergência de Coimbra e Miranda do Corvo

As atenções centram-se nos distritos de Coimbra, Santarém e Aveiro onde se registaram várias reativações à tarde de fogos controlados de manhã. Mantém-se o alerta laranja para todos os distritos. A porta-voz da Proteção Civil Patrícia Gaspar fez o ponto da situação às 19h00, altura em se registavam 108 ocorrências.

Casas em risco em Miranda do Corvo

A Câmara de Miranda do Corvo ativou hoje o Plano Municipal de Emergência devido ao incêndio "de grandes dimensões" que lavra na freguesia de Semide e que coloca "em risco" diversas casas de cinco aldeias, anunciou a autarquia.

"O Plano Municipal de Emergência de Miranda do Corvo foi ativado às 18:00, devido ao incêndio de grandes dimensões que lavra na Freguesia de Semide e que coloca em risco diversas habitações nas aldeias de Canas, Chãs, Vale de Colmeias, Cimo de Vila e Lata", indica a autarquia, em comunicado.

Fonte da Câmara disse à Lusa que o incêndio começou no concelho de Coimbra, mas evoluiu rapidamente para Miranda do Corvo, tendo subido a encosta da Estrada da Beira.
Segundo a GNR, o fogo teve origem na freguesia de Torres do Mondego (concelho de Coimbra), estando cortada nos dois sentidos a Estrada Nacional 17 (Estrada da Beira), entre Ceira e São Frutuoso.

Fogo de Ferreira do Zêzere reativou e chamas entraram numa localidade

O incêndio de Ferreira do Zêzere, distrito de Santarém, que tinha sido dado como dominado, reativou hoje à tarde, sendo que o fogo já entrou na localidade de Beco, informou o presidente da Câmara Municipal.

"O fogo já entrou na localidade de Beco e está a ir em direção a Dornes. Está medonho", disse à agência Lusa o presidente do município, Jacinto Lopes, referindo que "há casas em risco".

De acordo com o autarca, as chamas estão "a aumentar de intensidade" e lavram de forma descontrolada, considerando que "vai ser muito complicado" combater o fogo.

"Só agora é que vamos ter meio aéreo", notou Jacinto Lopes, referindo que, por o céu estar "muito negro", poderá ser difícil para o meio aéreo operar.

O presidente da Câmara de Ferreira do Zêzere referiu que às 20:00 vai decorrer uma reunião, na qual poderá ser decidida a ativação do Plano Municipal de Emergência.

Com Lusa

  • O tempo para hoje
    0:57

    País

    O Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje chuva fraca a norte do sistema Montejunto-Estrela com subidada temperatura mínima. Céu muito nublado ou encoberto, apresentando-se em geral pouco nublado no Baixo Alentejo e no Algarve até meio da manhã. Períodos de chuva fraca ou chuvisco nas regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, mais frequentes no Minho e Douro Litoral e a partir da tarde.

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.