sicnot

Perfil

País

Ativados planos de emergência de Coimbra e Miranda do Corvo

Ativados planos de emergência de Coimbra e Miranda do Corvo

As atenções centram-se nos distritos de Coimbra, Santarém e Aveiro onde se registaram várias reativações à tarde de fogos controlados de manhã. Mantém-se o alerta laranja para todos os distritos. A porta-voz da Proteção Civil Patrícia Gaspar fez o ponto da situação às 19h00, altura em se registavam 108 ocorrências.

Casas em risco em Miranda do Corvo

A Câmara de Miranda do Corvo ativou hoje o Plano Municipal de Emergência devido ao incêndio "de grandes dimensões" que lavra na freguesia de Semide e que coloca "em risco" diversas casas de cinco aldeias, anunciou a autarquia.

"O Plano Municipal de Emergência de Miranda do Corvo foi ativado às 18:00, devido ao incêndio de grandes dimensões que lavra na Freguesia de Semide e que coloca em risco diversas habitações nas aldeias de Canas, Chãs, Vale de Colmeias, Cimo de Vila e Lata", indica a autarquia, em comunicado.

Fonte da Câmara disse à Lusa que o incêndio começou no concelho de Coimbra, mas evoluiu rapidamente para Miranda do Corvo, tendo subido a encosta da Estrada da Beira.
Segundo a GNR, o fogo teve origem na freguesia de Torres do Mondego (concelho de Coimbra), estando cortada nos dois sentidos a Estrada Nacional 17 (Estrada da Beira), entre Ceira e São Frutuoso.

Fogo de Ferreira do Zêzere reativou e chamas entraram numa localidade

O incêndio de Ferreira do Zêzere, distrito de Santarém, que tinha sido dado como dominado, reativou hoje à tarde, sendo que o fogo já entrou na localidade de Beco, informou o presidente da Câmara Municipal.

"O fogo já entrou na localidade de Beco e está a ir em direção a Dornes. Está medonho", disse à agência Lusa o presidente do município, Jacinto Lopes, referindo que "há casas em risco".

De acordo com o autarca, as chamas estão "a aumentar de intensidade" e lavram de forma descontrolada, considerando que "vai ser muito complicado" combater o fogo.

"Só agora é que vamos ter meio aéreo", notou Jacinto Lopes, referindo que, por o céu estar "muito negro", poderá ser difícil para o meio aéreo operar.

O presidente da Câmara de Ferreira do Zêzere referiu que às 20:00 vai decorrer uma reunião, na qual poderá ser decidida a ativação do Plano Municipal de Emergência.

Com Lusa

  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.