sicnot

Perfil

País

Governo enaltece "trabalho de excelência" nos incêndios

Governo enaltece "trabalho de excelência" nos incêndios

O secretário de Estado de Administração Interna diz que o trabalho dos bombeiros contra os incêndios tem sido de excelência. Jorge Gomes defende que as condições climatéricas adversas são a causa principal dos incêndios.

Jorge Gomes deslocou-se ao início da madrugada deste sábado à localidade de Portela, no concelho de Montemor-o-Velho, distrito de Coimbra, onde está instalado o centro de comando do incêndio que deflagrou na sexta-feira em Portunhos, Cantanhede e onde, numa associação local, diversos voluntários fornecem refeições aos operacionais que combatem as chamas.

Questionado sobre se o Governo recebeu, nos últimos dias, algum pedido específico por parte dos operacionais que combatem os incêndios, Jorge Gomes respondeu que não e reafirmou que o Executivo "reconhece neles, em todos eles sem exceção, uma grande força que o país tem".

O secretário de Estado disse ainda que 2017 "tem sido um ano atípico, perfeitamente atípico" no que aos incêndios florestais diz respeito.

"Um ano com uma falta de humidade enorme, uma severidade de humidade bastante complexa, temos muita massa combustível extraordinariamente seca, um comportamento de ventos que não tem sido, também, nunca normal. É um ano que está a decorrer como está a decorrer e nós estamos cá, a continuar a persistir, não permitindo que sejamos vencidos pelas chamas", declarou.

Com Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19