sicnot

Perfil

País

Um morto e um ferido numa derrocada em Lisboa

Uma derrocada numa obra na Rua das Taipas, em Lisboa, provocou esta quarta-feira um morto e um ferido, segundo o presidente da Junta de Freguesia de Santo António, Vasco Morgado.

Segundo o autarca, a vítima mortal era um trabalhador da obra, com cerca de 40 anos, e o ferido, também trabalhador, recebeu tratamento hospitalar.


O local está vedado, indicou Vasco Morgado, cerca das 17:30, informando que na rua, junto ao Bairro Alto, há três obras a decorrer.


O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) confirmou que a vítima mortal é um homem com cerca de 40 anos e indicou que foi declarado cadáver no local.


A outra vítima, afirmou a mesma fonte, é um homem de 56 anos que sofreu ferimentos ligeiros e foi para o Hospital de São José.


O alerta foi recebido pelo INEM às 15:59 e para o local foram enviados uma mota de emergência médica, uma viatura médica do Hospital de São José, uma ambulância e o Regimento de Sapadores Bombeiros.

  • Autoridade para as Condições do Trabalho avalia derrocada em Lisboa
    0:38

    País

    A queda do muro que provocou um morto e um ferido aconteceu pelas 16h00 desta quarta-feira na Rua das Taipas, em Lisboa. A subcomissária da PSP Helga Fiúza diz que as causas da derrocada ainda são desconhecidas e que para o local foram encaminhados membros da Autoridade para as Condições do Trabalho que estiveram a recolher informações.

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50