sicnot

Perfil

País

Costa discursa 4ª feira na Assembleia Geral da ONU e reúne-se com Guterres

António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa no dia em que António Guterres tomou posse como secretário-geral da ONU.

Seth Wenig

O primeiro-ministro vai discursar na quarta-feira, em Nova Iorque, na 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas, dia em que também tem agendada uma reunião logo ao início da manhã com o secretário-geral da organização, António Guterres.

Fonte oficial do Governo disse que António Costa parte na segunda-feira ao fim da manhã para Nova Iorque, onde estará três dias, sendo acompanhado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

Na terça-feira, o primeiro-ministro estará na sessão de abertura da 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas e num almoço oferecido pelo secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, a todos os chefes de Estado e de Governo presentes em Nova Iorque.

Na quarta-feira, António Costa é recebido por António Guterres logo ao início da manhã e deverá discursar perante a 72ª Assembleia da Geral da ONU pelas 12:15 locais (mais cinco horas em Lisboa).

Na qualidade de primeiro-ministro, António Costa já esteve em Nova Iorque em dezembro passado, deslocação em que esteve acompanhado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para estar presente na cerimónia de juramento do antigo chefe do Governo português (1995/2002) como secretário-geral das Nações Unidas.

Nessa altura, o primeiro-ministro considerou que a eleição de António Guterres representava em primeiro lugar responsabilidades acrescidas ao nível da política externa nacional.

"Portugal tem o dever de estar na primeira linha do respeito e defesa dos valores da paz, da segurança, dos direitos humanos, do desenvolvimento sustentável e da igualdade de género, ajudando António Guterres a cumprir este mandato no quadro das Nações Unidas", disse.

Interrogado sobre os desafios que se colocam a António Guterres como secretário-geral das Nações Unidas, Costa respondeu: "Maiores os desafios, maiores se revelam os homens".

Lusa

  • UGT reivindica que salário mínimo ultrapasse os 600€
    0:26

    Economia

    O secretário-geral da UGT reivindica que até 2019 o salário mínimo nacional ultrapasse os 600 euros. Este sábado, num congresso distrital na Guarda, Carlos Silva considerou que o Governo tem condições para ir mais além e voltou a defender que para o próximo ano o patamar mínimo para a negociação deve ser os 585 euros.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04
  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.

  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.