País

GNR reforça segurança durante celebrações em Fátima

LUSA

Um total de 400 elementos da Guarda Nacional Republicana está em Fátima para assegurar a segurança no recinto e prevenir a criminalidade que possa ocorrer durante os dois dias das celebrações que marcam o encerramento do Centenário das Aparições.

Em declarações à Lusa, o capitão Carlos Canatário, comandante do destacamento da GNR de Tomar, explicou que estão em curso duas operações: a "Peregrinação Segura ", que se iniciou a 7 de outubro, e "Trindade" no que toca à segurança na Cova de Iria, durante os dois dias de celebrações.

No âmbito da "Operação Peregrinação", explicou Carlos Canatário, a GNR tem feito o acompanhamento dos peregrinos que nestes dias se deslocam para Fátima e até ao momento não foram registadas quaisquer ocorrências.

Para os que ainda caminham em direção a Fátima, Carlos Canatário aconselha que o façam com boa sinalização. Usar o colete refletor, circular na berma da estrada e em sentido contrário ao trânsito são alguns exemplos.

Aos automobilistas, o alerta da GNR vai no sentido de estarem sensibilizados para a existência de inúmeros peregrinos nas estradas, sendo necessário redobrarem a atenção.

O "Operação Trindade" terá em Fátima 200 militares em cada um dos dias (12 e 13 de outubro) para o patrulhamento a cavalo, moto, bicicleta, organização do trânsito e apoio ao turista.

"Estaremos para dar uma resposta adequada às necessidades dos peregrinos", disse. "Fátima é sempre um local que traz muita gente e se em maio a preocupação era também a segurança do papa Francisco, em outubro, junho e agosto, assim como todos os fins de semana a preocupação centra-se nos peregrinos", acrescentou Carlos Canatário.

A Peregrinação Internacional Aniversária de outubro no Santuário de Fátima começa hoje e decorre até sexta-feira, marcando o encerramento do Centenário das Aparições e inclui, além das celebrações religiosas, um concerto e um espetáculo multimédia.

A peregrinação tem por tema "Maria, Estrela da Evangelização" e será presidida pelo bispo da diocese de Leiria-Fátima, António Marto. As celebrações abrem hoje às 18:30 com uma saudação a Nossa Senhora e aos peregrinos, na Capelinha das Aparições.

Segue-se, no mesmo local, a bênção solene das velas e rosário e, às 21:30, no recinto do Santuário a Procissão das Velas e a Missa Internacional.

Após a meia-noite de hoje e depois da procissão do silêncio, o recinto da Cova da Iria recebe, em estreia, a projeção multimédia "Fátima - Tempo de Luz", produzida pela empresa espanhola Acciona Producciones y Design e encomendada pelo santuário de Fátima para encerrar as celebrações do Centenário das Aparições.

As celebrações do Centenário das Aparições - que tiveram como momento alto a peregrinação a Fátima do papa Francisco, em maio - decorrem na sexta-feira, a partir das 18:30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, com um concerto pela Orquestra e pelo Coro Gulbenkian dirigidos pela maestrina Joana Carneiro e que conta ainda com a participação da soprano Elisabete Matos.

Lusa

  • O escocês que escreveu uma música dedicada a Fátima
    4:04

    Cultura

    A partir de sexta-feira e durante o fim de semana, a Basílica de Nossa Senhora do Rosário recebe um espetáculo de luz e som, para além de duas músicas compostas de propósito para o encerramento do Centenário das Aparições de Fátima. Umas das músicas a estrear foi encomendada ao compositor escocês, James MacMillan. A SIC viajou até ao norte da Escócia em busca da inspiração do compositor de "The Sun Danced". 

  • "Eu disse 'seria' quando queria dizer 'não seria'"
    1:34
  • "Não deveria ter aceitado jogar naquela final"
    1:40

    Desporto

    Jorge Jesus abordou os incidentes de Alcochete e da final da Taça de Portugal, pela primeira vez. Em entrevista à Bola TV, o treinador português, agora no Al Hilal da Arábia Saudita, falou do medo que viveu naqueles momentos. Jorge Jesus disse também que não fecha a porta a nenhum clube em Portugal.

  • Santana diz que a concorrência é livre
    0:52

    País

    Santana Lopes sublinha que quer causar o menor dano possível ao PSD com a criação de um novo partido. O antigo primeiro-ministro diz no entanto que, apesar disso, a concorrência é livre. Isto depois de um estudo feito pela Eurosondagem mostrar que 4,8% dos inquiridos votaria num novo partido de Santana Lopes. O político diz que o número é inspirador, mas não adianta certezas sobre os próximos passos.

  • Marcelo volta a levantar dúvidas sobre 2.º mandato
    2:11
  • Marcelo acredita na livre circulação no espaço da CPLP
    0:45

    País

    O Presidente da República que avançar na proposta da mobilidade de cidadãos no espaço da CPLP. Na noite de terça-feira, no discurso que fez na abertura da Cimeira de Cabo Verde, Marcelo não esqueceu as mudanças no sentido da democracia e valores que se concretizaram desde a última cimeira, em Brasília, há dois anos.

  • Veleiro preso em cabos elétricos na Ria de Aveiro
    1:39

    País

    O mastro de um veleiro embateu e ficou preso num cabo elétrico. O incidente, sem consequências para a tripulação de nacionalidade dinamarquesa ocorreu, ao fim da tarde de terça-feira, na ria de Aveiro.