sicnot

Perfil

País

Municípes de Pampilhosa da Serra isentos do pagamento da água em outubro

A Câmara da Pampilhosa da Serra isentou de pagamento da água e resíduos sólidos os munícipes das freguesias de Cabril, Fajão-Vidual, Pampilhosa da Serra, Pessegueiro e Portela do Fojo-Machio, na sequência do incêndio de dia 15, anunciou a autarquia.

Numa nota de imprensa enviada à agência Lusa, este concelho do distrito de Coimbra, um dos mais atingidos pelos incêndios de dia 15, diz que a proposta, que é referente ao mês de outubro e que já foi aprovada em sede de reunião de Câmara, pretende salvaguardar os cidadãos para que estes não sejam prejudicados pecuniariamente por situações a que não deram origem e que, pelo contrário, auxiliaram a pôr termo.

"Esta medida pretende minimizar os custos destes cidadãos, premiando ainda o empenho e a coragem demonstrados por estes que, usando dos meios que dispunham, auxiliaram os bombeiros no combate ao incêndio, tendo a maioria recorrido ao abastecimento de água própria, quer para se protegerem a si e ao seu património, quer o de terceiros", lê-se na nota.

A informação acrescenta que os incêndios destruíram uma vasta área florestal, além de elevados danos no património público e privado, afetando ainda a vida e o quotidiano das populações.

As centenas de incêndios que deflagraram no dia 15, o pior dia de fogos do ano, segundo as autoridades, provocaram 45 mortos e cerca de 70 feridos, perto de uma dezena dos quais graves.

Os fogos obrigaram a evacuar localidades, a realojar as populações e a cortar o trânsito em dezenas de estradas, sobretudo nas regiões Norte e Centro.

Esta foi a segunda situação mais grave de incêndios com mortos em Portugal, depois de Pedrógão Grande, em junho, em que um fogo alastrou a outros municípios e provocou, segundo a contabilização oficial, 64 vítimas mortais e mais de 250 feridos. Registou-se ainda a morte de uma mulher que foi atropelada quando fugia deste fogo.

Lusa

  • Vitória de Guimarães na Áustria em busca do apuramento na Liga Europa
    1:47
  • Árbitros recuam e vão apitar jogos do próximo fim de semana

    Desporto

    Os árbitros recuaram esta quarta-feira na intenção de não comparecer nos jogos do próximo fim de semana. Depois de na terça-feira a maioria dos juízes terem apresentado um pedido de dispensa dos jogos da 12.ª jornada do campeonato, esta quarta-feira adiaram a decisão após uma reunião com o Conselho de Arbitragem.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50

    País

    A água é um recurso essencial para todos os organismos vivos, comunidades e atividades económicas. Num país com situações de secas recorrentes, que tendem a ser agravadas pelas alterações climáticas, o que aprendemos com anteriores episódios de escassez de água? Como usar a água para que não falte no futuro? "Água Sob Pressão" foi o tema desta Grande Reportagem, de Carla Castelo (jornalista), Manuel Ferreira (Imagem), Gonçalo Freitas (Edição de imagem), Paulo Alves (Grafismo) e Isabel Mendonça (Produção), exibida na SIC em julho de 2012 (que também foi um ano de seca, ainda que menos grave do que a atual).

  • Jorge Jesus e Ana Malhoa contra o consumo de sal
    1:21
  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.