sicnot

Perfil

País

Bombeiros acusam Governo de "meter a carroça à frente dos bois" ao nomear líder da ANPC

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) considerou hoje que o Governo colocou "a carroça à frente dos bois" ao indigitar Mourato Nunes para dirigir a Proteção Civil sem antes consultar a Comissão Nacional de Proteção Civil.

Jaime Marta Soares falava à agência Lusa momentos antes de se reunir com o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, em Carnaxide, onde a Comissão Nacional de Proteção Civil será ouvida sobre a indigitação de Mourato Nunes para o cargo de presidente da Proteção Civil.

O presidente da LBP considerou que esta reunião, na sede da Autoridade Nacional da Proteção Civil, está "completamente ultrapassada", uma vez que deveria servir para analisar o perfil da pessoa a escolher para presidente da ANPC e isso já foi feito.

"Isto é nitidamente a carroça à frente dos bois. Eu pergunto qual a utilidade desta reunião? Fazer de nós o quê? Uns 'bibelots' que nos sentamos à volta de uma mesa para nos dizerem que o presidente é fulano e nós acenarmos com a cabeça", questionou.

Jaime Marta Soares assegurou que é precisamente isto que irá dizer ao ministro na reunião, ou seja que é preciso "ter mais respeito" em relação aos procedimentos que deviam ser adotados para esta nomeação.

Quanto à escolha do antigo comandante-geral da GNR Mourato Nunes para presidir a ANPC, o presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses disse não se opor ao nome indigitado, que "tem um currículo invejável, mas contrapôs que o importante é as políticas e não os currículos.

"Isto não se faz com currículos do passado, nós queremos coisas para o futuro e o futuro tem de ser algo de novo", destacou Jaime Marta Soares, lembrando que o "atual sistema já deu o que tinha a dar, faliu".

O Ministério da Administração Interna (MAI) indigitou o antigo comandante geral da GNR Carlos Manuel Mourato Nunes para presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil, na sequência da saída do antecessor.

Eduardo Cabrita ouve hoje a Comissão Nacional de Proteção Civil "tendo em vista a nomeação".

A Comissão Nacional de Proteção Civil é presidida pelo ministro da Administração Interna e dela fazem parte delegados dos ministros responsáveis pelos setores da defesa, justiça, ambiente, economia, agricultura e florestas, obras públicas, transportes, comunicações, segurança social, saúde e investigação científica.

Fazem também parte da comissão o presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil e representantes da Associação Nacional de Municípios Portugueses, da Associação Nacional de Freguesias, da Liga dos Bombeiros Portugueses e da Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais.

Participam ainda na Comissão representantes do Estado-Maior-General das Forças Armadas, da GNR, da PSP, da PJ, do Gabinete Coordenador de Segurança, da Autoridade Marítima, da Autoridade Aeronáutica e do Instituto Nacional de Emergência Médica. Os Governos Regionais podem participar nas reuniões da Comissão.

Licenciado em Ciências Militares e Engenharia Geográfica, Mourato Nunes passou também pelo Instituto de Altos Estudos Militares, onde concluiu o curso de oficial general e o curso geral de comando e Estado-Maior.

Até agora, Mourato Nunes era consultor de Segurança e Defesa.

A indigitação surge na sequência da demissão, em meados de outubro, do até então presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil, Joaquim Leitão.

Lusa

  • "Temos de jogar melhor do que frente à Espanha"
    0:45
  • Ronaldo é o jogador que mais preocupa os marroquinos
    2:35
  • Recorda-se de Tahar? O ex-futebolista marroquino que já jogou em Portugal
    6:10
  • "Somos 11 milhões, queremos ser campeões e as russas são grandes canhões"
    3:54
  • Denis Cheryshev: o orgulho dos anfitriões

    Mundial 2018 / Rússia

    O avançado Denis Cheryshev foi eleito o Homem do Jogo entre Rússia e Egito, que os russos venceram por 3-1. Marcou o segundo golo dos anfitriões, o terceiro em nome próprio no Mundial e juntou-se a Cristiano Ronaldo no topo da lista de melhores marcadores. Aos 27 anos e a jogar o primeiro Mundial da carreira, Cheryshev continua a assumir-se como um dos principais rostos da esperança russa para o sucesso desta campanha. Depois de já ter sido o melhor em campo no triunfo sobre a Arábia Saudita, a nação anfitriã vê-o como uma espécie de porta-estandarte do orgulho russo na defesa da pátria.

  • Gato Achilles acerta no resultado do Rússia-Egito

    Desporto

    O gato Achilles é o adivinho dos jogos do Mundial na Rússia. Depois de ter acertado na vitória da Rússia frente à Arábia Saudita, o felino voltou a apostar na equipa certa, com os russos a vencerem esta terça-feira o Egipto por 3-1.

  • Os momentos que marcaram o 6.º dia de Mundial
    0:58
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O espetáculo fora das quatro linhas
    2:30
  • "Quando o Cristiano Ronaldo te convidar para almoçar, recusa"

    Desporto

    Na possibilidade de ser convidado por Cristiano Ronaldo para um almoço ou jantar, recuse. Este é o conselho de Patrice Evra, que revelou o "sofrimento" que passou quando aceitou almoçar em casa do capitão da seleção nacional, na altura em que ambos jogavam pelo Manchester United. O jogador francês falou sobre a comida "demasiado saudável" e o exercício que acabou por ter de fazer, enquanto podia estar a descansar.

    SIC

  • "Quero ir com a minha tia", o desespero das crianças afastadas dos pais nos EUA
    2:11

    Mundo

    A nova política de imigração de Donald Trump está a suscitar reações indignadas. Na fronteira com o México, as crianças refugiadas estão a ser retiradas à força aos pais e levadas para centros de acolhimento. Esta terça-feira, foi divulgado um registo áudio de uma criança a suplicar pelos pais a um dos agentes da polícia fronteiriça.

  • Protecionismo de Trump abala Wall Street

    Economia

    Abalada pela exacerbação das disputas comerciais entre os EUA e a China, a bolsa nova-iorquina encerrou esta terça-feira em baixa, com o seletivo Dow Jones a fechar em queda pela sexta sessão consecutiva.