sicnot

Perfil

País

Vieira da Silva alvo de críticas da direita

Vieira da Silva alvo de críticas da direita

Vieira da Silva vai dar explicações sobre o caso Raríssimas, no Parlamente, na próxima segunda-feira. O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social tem sido o principal alvo de críticas da direita. O PSD entende que o governante não devia ir de fim de semana enquanto não tivesse tudo esclarecido.

  • Ministro presenciou assinatura de protocolo entre Raríssimas e associação sueca
    3:00

    País

    Vieira da Silva voltou a garantir esta quinta-feira que está de consciência tranquila. Contudo, há ainda muito para explicar no envolvimento do ministro com a associação Raríssimas. Falta saber o que viu e o que sabia. O que deixou de ver e o que deveria ter visto. Há dois meses, por exemplo, Vieira da Silva esteve presente na assinatura de um protocolo entre a Raríssimas e uma associação sueca também dedicada a doenças raras.

  • Primeiro-ministro reafirma a "inequívoca" confiança em Vieira da Silva
    2:24

    País

    O primeiro-ministro disse esta quinta-feira que mantém total confiança em Vieira da Silva e, em relação à Raríssimas, garantiu que o Governo tudo fará para manter a instituição a funcionar. Já o Presidente da República confirmou que recebeu denúncias de irregularidades na Raríssimas, mas insistiu que não havia nada de específico.

  • Vieira da Silva "completamente tranquilo" com a sua atuação na Raríssimas
    0:42

    País

    O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social garantiu esta quinta-feira estar tranquilo com o seu comportamento em relação à Raríssimas. Vieira da Silva remeteu todas as explicações sobre o caso para a audição de segunda-feira, no Parlamento, e disse que tem pressa que a inspeção à instituição chegue ao fim.

  • Ex-presidente só deixa Raríssimas com indemnização e subsídio de desemprego
    2:20

    País

    Depois de ter anunciado a demissão, a presidente da Raríssimas formalizou esta quinta-feira a renúncia ao cargo que ocupava há 15 anos. No entanto, Paula Brito e Costa continua a trabalhar na instituição, agora como diretora-geral, e ainda com acesso, por exemplo, às costas bancárias e aos documentos privados. Ao Expresso, Paula Brito e Costa garantiu que só saía da associação se fosse despedida, de modo a receber a respetiva indemnização e subsídio de desemprego.

  • Paula Brito e Costa recebeu milhares de euros de patrocinadores
    2:02

    País

    Paula Brito e Costa recebeu dinheiro de vários patrocinadores enquanto Presidente da Raríssimas. Entre os patrocinadores está a empresa MSD (Merck Sharp & Dohme) que doou 170 mil euros para a construção de um registo nacional de doenças raras. O projeto, que iria contar com a colaboração da Faculdade de Medicina de Lisboa, nunca chegou a arrancar. 

  • Ministro presenciou assinatura de protocolo entre Raríssimas e associação sueca
    3:00

    País

    Vieira da Silva voltou a garantir esta quinta-feira que está de consciência tranquila. Contudo, há ainda muito para explicar no envolvimento do ministro com a associação Raríssimas. Falta saber o que viu e o que sabia. O que deixou de ver e o que deveria ter visto. Há dois meses, por exemplo, Vieira da Silva esteve presente na assinatura de um protocolo entre a Raríssimas e uma associação sueca também dedicada a doenças raras.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • Peixe-galo e batatas rosti, qual o cardápio do encontro entre os líderes das Coreias?

    Mundo

    O menu do encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, já foi dado a conhecer esta terça-feira. Através do site oficial do Governo, Seul anunciou um cardápio com vários pratos típicos da Península da Coreia, como dumplings ao vapor, arroz cultivado na Coreia, carne grelhada, salada fria com polvo, peixe-galo, batatas rosti e sopa fria.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17