sicnot

Perfil

País

Processo contra Centeno causou incómodo entre magistrados

Processo contra Centeno causou incómodo entre magistrados

Os magistrados do Ministério Público estão inquietos com a sucessão de Joana Marques Vidal e dizem que não querem o regresso ao "tempo negro" de Pinto Monteiro. No congresso que terminou este sábado, na Madeira, falou-se do stress dos procuradores e foi notório o incómodo com o processo contra Mário Centeno.

  • "Ministério Público moveu-se a mando do Correio da Manhã"
    1:35

    País

    O comementador e jornalista Miguel Sousa Tavares acusa o Ministério Público de se ter movido a mando do Correio da Manhã no caso que envolvia Mário Centeno. Afirmou mesmo que as fugas de informação são feitas diretamente deste órgão do poder judicial para a publicação. Em resposta, o Procurador da República José Góis diz que poderá ter existido falta de bom-senso neste caso. Miguel Sousa Tavares classificou ainda a busca no Ministério das Finanças como um escândalo.

  • Procuradora considera que Mário Centeno não foi beneficiado
    1:14

    País

    A Procuradora-geral da República considera que Mário Centeno não foi alvo de qualquer tipo de proteccionismo no arquivamento do caso que envolvia o ministro das Finanças e alegados benefícios em troca de bilhetes para um jogo do Sport Lisboa e Benfica. Joana Marques Vidal diz que este, à semelhança de outros casos, deve ser alvo de reflexão por parte do Ministério Público.

  • Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já têm cadastro
    1:59

    Crise no Sporting

    Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já foram condenados por 22 crimes que cometeram no passado, mas nunca nenhum deles cumpriu pena de prisão ou prisão domiciliária. O juiz decretou a prisão preventiva na sequência das agressões à equipa do Sporting por entender que se tratou de um comportamento chocante, terrorista e a perversão do espírito desportivo.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • Abate de animais nos canis proibido a partir de setembro
    1:35

    País

    O abate de animais nos canis passa a ser proibido a partir de setembro. Só em 2017, foram mortos cerca de 12 mil cães e gatos, uma média de um abate por hora. O Governo lançou um programa de incentivos financeiros de um milhão de euros, que ainda está a decorrer.

  • Cabazes solidários oferecidos pelo Governo encontrados no lixo
    0:57
  • Colheita da cereja já arrancou no Fundão
    1:54

    País

    A colheita das primeiras cerejas da época já começou no Fundão. A campanha atrasou um mês em relação a anos anteriores, por causa do inverno que se prolongou, mas os produtores garantem que o fruto é de qualidade.