sicnot

Perfil

País

D. Manuel Clemente aconselha abstinência sexual a católicos recasados

D. Manuel Clemente aconselha abstinência sexual a católicos recasados

O Cardeal Patriarca de Lisboa sugere abstinência sexual aos católicos que vivem novas uniões depois de casamentos que ainda não foram considerados nulos.

Os pedidos de nulidade dos casamentos católicos têm aumentado e os fiéis divorciados pediam, há muito, a possibilidade de não terem de renunciar aos sacramentos como por exemplo, a comunhão.

O problema é o que fazer com os divorciados recasados a quem não foi decretada a nulidade do primeiro matrimónio. A Igreja refletiu sobre o fenómeno e a exortação do Papa Francisco publicada em 2016 abriu novas perspectivas.

Mas, pelo mundo fora, são muitos os bispos que rejeitam a ideia de ultrapassar tradições e normas, ainda que não espelhem a realidade e a modernidade.

Em Portugal, por falta de consenso na Conferência Episcopal, cada diocese passa a mensagem. Braga é uma das que já se pronunciou,

A readmissão dos católicos divorciados obedece ainda assim, ao respeito de alguns passos previstos pelo Papa, como recorda o Cardeal Patriarca de Lisboa numa nota publicada a 6 de fevereiro de 2018. D. Manuel Clemente diz que não " (...) convém falar de 'autorizações' para aceder aos sacramentos, mas de um processo de discernimento acompanhado por um pastor."

Mas a reflexão do Cardeal Patriarca de Lisboa vai mais longe na interpretação que faz da exortação de Francisco. Àqueles a quem a nulidade do casamento não foi concedida propõe "o compromisso de viver em continência" sublinhando que o texto do Papa não ignora as dificuldades desta opção.

Em suma, sugere que antes do processo de discernimento que poderá levar à readmissão na Igreja, se mantenham em abstinência sexual os católicos que não tiverem a sorte de ver nulos os casamentos anteriores - e entenda-se por discernimento uma reflexão conjunta com o padre sobre as razões que levaram à separação, as responsabilidades e ainda sobre a realidade do novo casal.

No entanto, os católicos divorciados de primeiros casamentos celebrados apenas pelo civil não têm este problema.

  • Presidente do Tondela diz que clube foi humilhado
    1:26

    Desporto

    O presidente do Tondela participou esta segunda-feira na conferência de imprensa após o jogo da 23.ª jornada da I Liga com o Sporting. Gilberto Coimbra criticou o árbitro do encontro João Capela, e diz que o tempo de compensação dado a mais foi por uma falta que não foi assinalada sobre um jogador do Tondela, Bruno Monteiro.

  • Último golo do Sporting ao Tondela "é legal e limpinho" 
    0:41

    Desporto

    Jorge Jesus entende que a vitória desta segunda-feira do Sporting frente ao Tondela não merece contestação e destaca o facto de o árbitro ter avisado os jogadores que iria prolongar o tempo extra. Para o treinador dos leões, o golo no minuto 99' é legal. 

  • Deputados pedem medidas urgentes para travar exploração de urânio junto à fronteira
    3:06

    País

    Um projeto de exploração de urânio no município de Retortilho em Salamanca, a cerca de 40 quilómetros da fronteira portuguesa, está a causar preocupação nos dois países. Portugueses e espanhóis temem o risco de contaminação por via aérea e fluvial. Deputados portugueses visitaram o local, onde pediram medidas firmas e urgentes ao Governo para travar o projeto. As autoridades de Espanha não acionaram o mecanismo de avaliação ambiental partilhada.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC