sicnot

Perfil

País

Alunos do ISCSP não querem Passos Coelho como professor

ANT\303\223NIO PEDRO SANTOS

Um grupo de alunos do ISCSP fez um abaixo-assinado contra a contratação de Pedro Passos Coelho, para dar aulas de Economia e Administração Pública. Os alunos criticam o salário e questionam a capacidade do ex-primeiro-ministro em lecionar.

Segundo o Jornal de Negócios, que teve acesso ao texto, os alunos do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas entendem que a contratação do ex-primeiro-ministro é uma "afronta à transparência e à meritocracia".

Defendem que é altamente questionável a capacidade de Passos Coelho para dar aulas a alunos com um grau académico superior, uma vez que nunca lecionou, nunca preparou uma tese nem teve um percurso académico minimamente relevante.

Os alunos consideram ainda obsceno o salário de professor catedrático que Passos Coelho vai receber.

Esta não é a primeira vez que os alunos do ISCSP protestam contra o ex-primeiro-ministro. Foi neste instituto que em 2013, o então chefe de Governo foi recebido com uma manifestação a pedir a sua demissão.

  • Académicos contestam nova profissão de Passos Coelho
    2:09

    País

    A nova profissão de Pedro Passos Coelho está a gerar contestação no mundo académico. O ex-primeiro-ministro vai dar aulas no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, em Lisboa, na qualidade de professor catedrático convidado.

  • Coutinho e Neymar salvam Brasil de empatar com a Costa Rica já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • Moutinho e Rafael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.