País

PGR abre inquérito ao caso do currículo de Barreiras Duarte

(Arquivo)

SIC

A Procuradoria-geral da República remeteu para inquérito no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa os elementos que recolheu sobre o caso do currículo do secretário-geral do PSD, Feliciano Barreiras Duarte.

Feliciano Barreiras Duarte foi obrigado a retirar do currículo o estatuto de investigador convidado da Universidade de Berkeley, na Califórnia, depois de ser desmentido pela própria universidade norte-americana.

No decorrer da polémica o secretário-geral do PSD acabou por revelar um certificado que o reconhece como investigador convidado, documento assinado por Deolinda Adão.

No entanto, a professora de Berkeley diz tratar-se de um certificado falso.

Em entrevista à SIC, Feliciano Barreiras Duarte sugeriu que o a polémica poderá ter sido provocada por algumas pessoas do PSD.

  • Rui Rio desvaloriza polémica sobre currículo de Barreiras Duarte
    1:38

    País

    Rui Rio desvaloriza a polémica sobre o currículo do secretário-geral do PSD. Feliciano Barreiras Duarte incluiu na biografia oficial um estatuto de investigador visitante da Universidade de Berkeley, na Califórnia, EUA. Mas na verdade o braço direito de Rui Rio nunca foi, de facto, professor visitante na universidade norte-americana.

  • Barreiras Duarte altera currículo após investigação jornalística
    1:19

    País

    O secretario-geral do PSD viu-se forçado a alterar o currículo após investigação do semanário Sol. Feliciano Barreiras Duarte tinha no seu perfil profissional o estatuto de professor visitante da universidade de Berkley, na California mas o semanário descobriu que o braço direito de Rui Rio nunca foi, de facto, professor visitante na universidade americana.

  • "A bebedeira passa, o resto não!"
    2:48

    País

    O INEM socorreu mais de mil menores em coma alcoólico, no ano passado. Por isso, os adolescentes são o alvo da campanha lançada esta sexta-feira pelo Governo: "A bebedeira passa, o resto não!"

  • Sabe que pode estar a pagar 100€ a mais na fatura do gás?
    2:29

    Economia

    A maior parte das empresas fornecedoras de gás continua a cobrar aos clientes a taxa de ocupação do subsolo ao clientes, apesar da lei dizer que deve ser paga pelas empresas desde janeiro de 2017. Cada Câmara Municipal cobra o que entende e há autarquias que não cobram nada. Em alguns casos podemos estar a falar de mais de 8 euros por mês, ou seja, mais de 100 euros por ano.

  • As técnicas e o currículo polémico do Dr. Bumbum
    2:10

    Mundo

    Uma mulher morreu após uma operação aos glúteos, feita na casa de um cirurgião plástico conhecido no Brasil por Dr. Bumbum. Depois de quatro dias em fuga, o homem entregou-se às autoridades. O médico operava as mulheres em casa e no currículo tem um curso que não acabou e pós-graduações que não são reconhecidas.

  • Ir ao Douro e à Nazaré
    25:57
  • O convite que causou surpresa até na Casa Branca
    2:33