sicnot

Perfil

País

Agitação marítima fecha 5 barras e condiciona outras 6

HOMEM DE GOUVEIA

Cinco barras de Portugal continental estão esta terça-feira fechadas à navegação e seis estão condicionadas devido à previsão de forte agitação marítima, segundo a Marinha Portuguesa.

De acordo com a informação disponível no 'site' da Marinha, estão fechadas à navegação as barras de Caminha, Vila Praia de Âncora, Viana do Castelo, Esposende e Ericeira. A Marinha indica que as barras marítimas da Póvoa do Varzim e Vila do Conde estão condicionadas a embarcações de calado superior a dois metros, devendo a barra ser utilizada duas horas antes e duas horas depois da preia-mar.

As barras marítimas do Douro e de Aveiro estão condicionadas a embarcações de comprimento inferior a 11 e 15 metros, respetivamente. A barra de São Martinho do Porto está condicionada devido a assoreamento. Nos Açores, está condicionada a barra do porto da Horta, na ilha do Faial.

Por causa da agitação marítima, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou hoje toda a costa portuguesa sob aviso amarelo até sexta-feira. O IPMA prevê ondas de oeste com 4 a 5 metros, passando gradualmente a ondas de noroeste.

O Instituto prevê para hoje no continente céu geralmente muito nublado, períodos de chuva, por vezes forte, passando gradualmente a regime de aguaceiros a partir da tarde, e que poderão ser por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada.Está também prevista queda de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela, descendo gradualmente a cota para 1000/1200 metros.

A previsão aponta ainda para vento moderado a forte do quadrante sul, soprando temporariamente com rajadas até 90 quilómetros por hora, em especial no litoral, e sendo forte nas terras altas, com rajadas até 110 quilómetros por hora, rodando para o quadrante oeste a partir da tarde e pequena descida da temperatura máxima.

As temperaturas mínimas vão variar entre os 4 graus (na Guarda) e os 12 (em faro, Santarém e Lisboa) e as máximas entre os 10 graus Celsius (na Guarda) e os 17 (em Faro e Santarém).

Lusa

  • O tempo para hoje
    1:20

    País

    Para esta 4ª feira, 14 de março de 2018 está prevista precipitação, por vezes forte; vento e agitação marítima forte e queda de neve acima de 1000/1200 metros a partir da tarde.

  • Faltam 71 obstetras no SNS e as férias vão agravar a situação
    2:32

    País

    Faltam 71 obstetras no Serviço Nacional de Saúde pelas contas da Ordem dos Médicos. Com o verão e as férias à porta, a Ordem alerta para a eventualidade de, nalgumas regiões, ser preciso transferir os partos mais complicados para unidades onde houver especialistas.

  • Combate ao terrorismo e corrupção são prioridades do novo diretor da PJ
    2:42

    País

    O novo diretor da Polícia Judiciária diz que o combate ao terrorismo e à corrupção estão entre as maiores prioridades para a PJ. Mas alerta que são precisos meios para cumprir essa missão. Luís Neves tomou posse esta manhã, depois de 20 anos ligados à investigação do crime mais violento.

  • Uma viagem pela Estrada Nacional 236
    2:52
  • A reconstrução depois da tragédia de Pedrógão
    2:43
  • Três mortos e mais de 200 feridos do sismo no Japão
    1:07

    Mundo

    Pelo menos três pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas na sequência de um sismo de magnitude 6,1 na escala de Richter que atingiu hoje a região oeste do Japão, segundo um novo balanço das autoridades nipónicas. Uma das vítimas mortais era uma criança de 9 anos.