País

Português regado com ácido em Múrcia

Um português foi alegadamente regado com ácido pela companheira brasileira na cidade espanhola de Múrcia. O emigrante de 40 anos está internado em estado grave. As suspeitas recaem sobre a mulher que foi detida.

No momento da detenção, a alegada agressora afirmou estar inocente e explicou que o marido se tinha regado a ele próprio com intenção de se suicidar.

O caso está a ser investigado pelo Tribunal Superior de Justiça de Múrcia.

Fontes da investigação adiantaram ao jornal espanhol 20 Minutos que o caso de agressão terá acontecido durante a madrugada, e que a suspeita foi detida cerca de uma hora mais tarde por agentes da Guardia Civil.

O português encontra-se internado em estado grave no Hospital Virgen de la Arrixaca, em El Palmar.

  • Maior avião de passageiros do mundo aterra hoje em Portugal
    1:09
  • Cristas ataca Costa com "logro" da saúde e o "pântano" de Tancos
    1:39

    País

    A líder do CDS diz que o Governo de António Costa está esgotado e que o país está pior agora do que no período da troika. Acusações feitas no encerramento do congresso do partido na Madeira, onde Assunção Cristas afirmou que quer voltar a eleger um deputado pela região autónoma.