sicnot

Perfil

Pequenas grandes histórias

Bebé iraniana já viajou até aos EUA para ser operada de urgência

Bebé iraniana já viajou até aos EUA para ser operada de urgência

Foi admitida num hospital de Portland, esta terça-feira, a bebé iraniana de 4 meses que precisa de ser operada de urgência, depois de ter sido impedida de viajar para os EUA, devido às medidas anti-imigração de Donald Trump.

Os médicos iranianos tinham advertido os pais de Fatemeh Reshad que a menina precisava de ser operada com urgência.

A família demorou semanas a preparar toda documentação, para solicitar vistos de turistas por razões médicas e viajou para o Dubai.

O momento coincidiu com a ordem executiva do Presidente dos EUA e a família foi obrigada a regressar ao Irão.

Entretanto um juiz federal de Seattle ordenou a suspensão temporária, a nível nacional, da ordem.

Um dia depois um tribunal de recurso rejeitou o pedido da administração de Donald Trump para restabelecer imediatamente a aplicação do controverso decreto o que veio a permitir a Fatameh Reshad e à sua família entrarem nos Estados Unidos.

  • Madeireiros sem emprego após incêndios
    2:57
  • Como se sobrevive à dor em Nodeirinho e Pobrais
    2:43
  • Raphäel Guerreiro vai continuar a acompanhar a seleção
    1:08
  • 74 mil alunos do secundário têm a vida "suspensa" 
    2:22