A verdade sobre a mentira

A falsa notícia de um muçulmano que agride médicos num hospital espanhol

A falsa notícia de um muçulmano que agride médicos num hospital espanhol

Há um vídeo a circular nas redes sociais que está a chocar os espanhóis. Um homem surge nas imagens a agredir pessoal médico num hospital. É apontado como um muçulmano refugiado. Mas é uma história falsa, colocada na internet por apoiantes de movimentos racistas. 

As notícias falsas estão em destaque na Grande Reportagem SIC de logo à noite.

  • Acredita em tudo o que lê na Internet?
    0:34

    Grande Reportagem SIC

    O suposto apoio do Papa a Donald Trump. O santo Padre que teria cancelado a viagem a Portugal. A alegada ligação entre Hillary Clinton e um agente do FBI que se suicidou. O hino de Portugal e a possibilidade de uma nova versão, mais atual. Tudo isto circula na internet. Nada disto é verdade.

  • "Para a maioria das pessoas, a diferença entre informação falsa e real é muito pequena"
    16:18

    A verdade sobre a mentira

    Especialista em literacia mediática, antigo jornalista na BBC, professor na Universidade do Minho, Luís António Santos contextualiza a realidade das notícias falsas, aponta responsabilidades e indica caminhos. "Este espaço está em vazio porque para a maioria das pessoas, a diferença entre a informação falsa e a informação real já é muito pequena. E isso é uma tragédia muito grande. Isso é o problema de fundo do jornalismo hoje em dia", diz o docente, em entrevista à SIC. Ele próprio, confessa nesta conversa, já tropeçou na falsidade que circula nas redes sociais. "As não verdades, as mentiras, espalham-se com grande velocidade", sublinha.

  • "A bebedeira passa, o resto não!"
    2:48

    País

    O INEM socorreu mais de mil menores em coma alcoólico, no ano passado. Por isso, os adolescentes são o alvo da campanha lançada esta sexta-feira pelo Governo: "A bebedeira passa, o resto não!"

  • Sabe que pode estar a pagar 100€ a mais na fatura do gás?
    2:29

    Economia

    A maior parte das empresas fornecedoras de gás continua a cobrar aos clientes a taxa de ocupação do subsolo ao clientes, apesar da lei dizer que deve ser paga pelas empresas desde janeiro de 2017. Cada Câmara Municipal cobra o que entende e há autarquias que não cobram nada. Em alguns casos podemos estar a falar de mais de 8 euros por mês, ou seja, mais de 100 euros por ano.

  • As técnicas e o currículo polémico do Dr. Bumbum
    2:10

    Mundo

    Uma mulher morreu após uma operação aos glúteos, feita na casa de um cirurgião plástico conhecido no Brasil por Dr. Bumbum. Depois de quatro dias em fuga, o homem entregou-se às autoridades. O médico operava as mulheres em casa e no currículo tem um curso que não acabou e pós-graduações que não são reconhecidas.

  • Ir ao Douro e à Nazaré
    25:57
  • O convite que causou surpresa até na Casa Branca
    2:33