sicnot

Perfil

CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 16:25

Cartaz

Redescobrindo o grande cinema russo

Cartaz Cinema

Redescobrindo o grande cinema russo

Chega esta semana às salas um exemplo notável da produção cinematográfica da Rússia: “Leviatã”, de Andrey Zvyagintsev. João Lopes comenta as principais estreias da semana, destacando também o lançamento em DVD de “O Ciúme”, de Philippe Garrel, título marcante das estreias de 2014.

No novo filme de Andrey Zvyagintsev, deparamos com a agitada vida política de uma pequena cidade da costa noroeste da Rússia e os seus reflexos na existência de uma família em crise — “Leviatã” é, de uma só vez, uma crónica realista e uma viagem através do combate mitológico das forças do Bem e do Mal. 

Com grande impacto no Festival de Cannes de 2014, “A Jaula de Ouro” é uma realização de Diego Quemada-Díez, cineasta mexicano de origem espanhola. Em foco está a odisseia dramática de um pequeno grupo de adolescentes que tenta viajar clandestinamente da Guatemala para os EUA. 

No seu segundo trabalho como realizador, Tommy Lee Jones regressa aos ambientes do “western”, narrando a história de um grupo de mulheres marginalizadas pela sociedade. Para além do próprio Jones, o filme conta com um elenco de luxo em que se destacam Hilary Swank e Meryl Streep. 

Com “Vingança ao Anoitecer”, o argumentista e realizador Paul Schrader criou uma típica história de “thriller”, centrada num agente da CIA, cansado e descontente com as relações da administração política com os elementos da agência — o papel central está a atribuído a Nicolas Cage. 

Neill Blomkamp, o cineasta de “Distrito 9” (2009) e “Elysium” (2013), propõe mais uma história futurista. Chama-se “Chappie” e tem como personagem nuclear um robot que, como muitos outros, foi concebido para manter a lei e a ordem nas ruas de uma grande metrópole. 

Título em destaque entre as grandes estreias de 2014, “Ciúme”, de Philippe Garrel, já está disponível em DVD. Através das tensões mais íntimas de uma pequena família, Garrel continua fiel ao seu cinema sobre as subtilezas das paixões humanas.

 

* Banda sonora: “Um Santo Vizinho” (2014), de Theodore Melfi

> “Somebody to Love”, Jefferson Airplane

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.