sicnot

Perfil

cartaz.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 16:25

Cartaz

Nicole Kidman protagoniza drama australiano

Cartaz Cinema

Nicole Kidman protagoniza drama australiano

Nicole Kidman está de volta aos ecrãs com “Em Terra Estranha”, um drama familiar passado na Austrália. João Lopes comenta as principais novidades da semana, destacando também o lançamento em DVD da “Trilogia da Guerra”, assinada por Roberto Rossellini.

Foi no cinema australiano, em meados da década de 80, que Nicole Kidman se revelou. E é numa produção australiana que a reencontramos agora: “Em Terra Estranha”, uma realização de Kim Farrant, narra a história dramática de uma casal cujos filhos desaparecem no deserto. Nos outros papéis principais, encontramos Joseph Fiennes e Hugo Weaving.

Outra grande actriz, Annette Benning, está presente em “A Face do Amor”, uma realização de Arie Posin, também com Ed Harris e Robin Williams (num dos seus derradeiros papéis). Benning interpreta uma mulher que constrói uma relação amorosa com um sósia perfeito do seu defunto marido... É o princípio de um drama que ela não vai conseguir controlar.

A Argélia de 1954, marcada pelos conflitos que conduziram à guerra da independência, é o cenário de “Longe dos Homens”, de David Oelhoffen, uma produção francesa protagonizada por Viggo Mortensen — esta é a história de um professor primário que se vê envolvido numa perturbante rede de conflitos, tendo de lutar pela própria sobrevivência.

“Interstellar”, de Christopher Nolan, exemplifica como é possível trabalhar a partir das matrizes da ficção científica para fazer um filme, afinal, de profundo intimismo. Matthew McConaughey, Jessica Chastain e Anne Hathaway protagonizam esta superprodução já disponível em DVD.

Também em DVD, e em cópias restauradas, já pode ser vista a chamada “Trilogia da Guerra”, de Roberto Rossellini: “Roma,

Cidade Aberta” (1945), “Paisà” (1946) e “Alemanha, Ano Zero” (1948) são notáveis exemplos de um olhar realista apostado em registar as feridas, e também avaliar a herança, da Segunda Guerra Mundial.

* Banda sonora: “007 – Operação Relâmpago” (1965), de Terence Young

> “Thunderball”, Tom Jones

  • Passos começou a fazer oposição

    Bernardo Ferrão

    É inegável a habilidade política de António Costa mas no caso da TSU e do acordo de Concertação Social só cai quem quer. A verdade dos factos é que o primeiro-ministro fechou um acordo sabendo que não o podia cumprir. E agora tenta desviar-nos o olhar para o PSD, como se fosse ele o culpado, quando o problema está na geringonça. Antes de atacar Passos, Costa devia resolver os problemas em casa com o PCP e BE.

    Bernardo Ferrão

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.