sicnot

Perfil

CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 16:25

Cartaz

O génio cómico de Jacques Tati

CARTAZ CINEMA

O génio cómico de Jacques Tati

Jacques Tati está de volta às salas: a sua obra integral, incluindo seis longas-metragens e diversas curtas, está em reposição em cópias digitais restauradas. João Lopes comenta as principais novidades da semana, destacando ainda o novo filme de Christophe Honoré e um documentário sobre a Coreia do Norte.

“O Meu Tio” (1958), “Playtime” (1967) e “Parade” (1974) são alguns dos incontornáveis clássicos de Jacques Tati (1907-1982), figura de génio da comédia no interior do cinema francês, grande observador do funcionamento da sociedade de consumo — a sua obra integral pode ser vista, agora, em novas cópias.

Christophe Honoré, autor de “Minha Mãe” (2004) e “As Canções de Amor” (2007), está de volta com a adaptação do texto clássico “Metamorfoses”, de Ovídio: uma aposta invulgar numa dimensão poética que se transfigura, entre realismo e fantasia, em cenários do nosso presente.

“Outro/Eu”, de Tarsem Singh, é a história fantástica de um homem que, não querendo envelhecer, compra a juventude eterna e passa a viver num outro corpo — uma fábula de ficção científica com Ben Kingsley e Ryan Reynolds a assumir, sucessivamente, a personagem central.

As histórias de adolescentes assombrados por actos com conotações mais ou menos sexuais continuam a ser matérias de eleição no cinema de terror americano: “Vai Seguir-te”, de David Robert Mitchell, é mais uma proposta dessa área, produzida em regime independente.

Com participação da produtora portuguesa Rosa Filmes, “Canções do Norte” é um projecto documental feito a partir de três visitas que a sul-coreana Soon Mi-Yoo efectuou à Coreia do Norte — imagens surpreendentes, por vezes desconcertantes, para descobrirmos um pouco de um mundo que praticamente desconhecemos.

* Banda sonora: “The Incredibles – os Super-Heróis” (2004), de Brad Bird

> “The Glory Days”, Michael Giacchino

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Grupo de brasileiros em assalto milionário no Paraguai
    1:24