sicnot

Perfil

CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 16:25

Cartaz

Miguel Gomes entre fantasia e realismo

Cartaz Cinema

Miguel Gomes entre fantasia e realismo

Chega, finalmente, às salas portuguesas “As Mil e uma Noites”, de Miguel Gomes, um filme diferente sobre o nosso presente português. João Lopes comenta as principais novidades da semana, destacando ainda o “O Jovem Prodígio T. S. Spivet”, de Jean-Pierre Jeunet, e as edições em DVD dos filmes de “Fantomas”.

Para retratar o presente do nosso país, Miguel Gomes propõe uma deambulação através das histórias de Xerazade. Que é como quem diz: “As Mil e uma Noites” é um filme que oscila entre a fantasia e o realismo para reflectir sobre a actualidade portuguesa — estreia-se agora o primeiro volume, surgindo o segundo a 24 de Setembro e o terceiro a 1 de Outubro.

Jean-Pierre Jeunet, o cineasta de “O Fabuloso Destino de Amélie” (2001), volta a propor uma história vivida num mundo de fábula: “O Jovem Prodígio T. S. Spivet” adapta o “best-seller” de Reif Larsen, centrado na figura de uma criança de 10 anos que possui invulgares dotes de cientista — até que um dia ganha um prémio, quando todos julgam que ele é um adulto...

“Bando de Raparigas” é o retrato, ao mesmo tempo social e psicológico, de um grupo de jovens dos subúrbios de Paris, divididas entre a realidade crua do dia a dia e os sonhos de mudar de vida. A realização tem assinatura de Céline Sciamma, a autora de “Maria-Rapaz” (2011).

A procura do Sonho Americano volta a estar presente em “Nós Somos Teus Amigos”, longa-metragem de estreia de Max Joseph — esta é a odisseia de um grupo de DJs de Los Angeles que ambicionam construir uma carreira na indústria de Hollywood; Zac Efron interpreta a personagem central.

No DVD, e a par da estreia de “As Mil e uma Noites”, vem a propósito destacar a edição de uma antologia de curtas-metragens

de Miguel Gomes — trata-se de uma proposta com a chancela do Curtas de Vila do Conde.

Também em DVD, passaram a estar disponíveis os três filmes franceses, produzidos entre 1964 e 1967, centrados na personagem de “Fantomas”, mestre do crime: Jean Marais e Louis de Funès são os protagonistas desta série que foi um invulgar fenómeno de popularidade.

* Banda sonora: “ROMEU + JULIETA” (1996), de Baz Luhrmann

> “#1 Crush”, Garbage

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor