sicnot

Perfil

CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 16:25

Cartaz

Steve Jobs, o homem e o mito

CARTAZ CINEMA

Steve Jobs, o homem e o mito

Será desta vez que Michael Fassbender ganha um Oscar? Para muitos, a sua interpretação de Steve Jobs faz dele, desde já, um candidato incontornável. João Lopes comenta as novidades da semana, destacando ainda os novos trabalhos dos veteranos Wim Wenders e Peter Bogdanovich e a edição em DVD de “A Festa de Babette”.

Com Michael Fassbender no papel central, “Steve Jobs” é um retrato do líder criativo dos computadores da Apple, escrito por Aaron Sorkin e realizado por Danny Boyle. Mais do que uma evocação biográfica, trata-se de um drama sobre as diferenças, e também as cumplicidades, entre a figura humana e a imagem mítica.

“Tudo Vai Ficar Bem”, de Wim Wenders, é a crónica íntima e perturbante da viagem emocional de um homem que, acidentalmente, matou uma criança — um filme que, além do mais, confirma as qualidades de Wenders como director de actores (neste caso, James Franco, Charlotte Gainsbourg e Rachel McAdams).

Nome grande da história de Hollywood (e também da crítica de cinema), Peter Bogadnovich regressa com uma delirante comédia sobre os bastidores do teatro: “Ela É Mesmo... o Máximo!” tem no seu elenco os nomes de Owen Wilson, Imogen Poots e Jennifer Aniston.

Al Pacino está de volta com mais uma composição invulgar: em “O Senhor Manglehorn”, interpreta um homem envelhecido e desencantado que vive da sua lojinha de arranjo de chaves e fechaduras — a realização é de David Gordon Green, nome importante da mais recente vaga de cineastas independentes “made in USA”.

Foi um sucesso comercial e, mais do que isso, um fenómeno global de popularidade: “A Festa de Babette” (1987), de Gabriel Axel,

retrata uma comunidade dinamarquesa de meados do século XIX que descobre as delícias da cozinha francesa — ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro e reapareceu, agora, no mercado do DVD.

* Banda sonora: “007, Agente Irresistível” (1977), de Lewis Gilbert

> “Nobody Does It Better”, Carly Simon

  • Manchester canta "Don't Look Back in Anger" dos Oasis
    1:11

    Ataque em Manchester

    O Reino Unido cumpriu esta manhã, às 11:00, um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do ataque de segunda-feira em Manchester. Nesta cidade britânica, uma mulher começou a cantar a canção dos Oasis "Don't Look Back in Anger" e a multidão logo se juntou, num momento tocante.

  • Mesquita é demasiado pequena para a quantidade de fiéis que há em Lisboa
    1:16
  • Herói de Paris não vai à Rússia
    2:12
  • Mourinho volta a conquistar a Europa

    Liga Europa

    O Manchester United conquistou esta quarta-feira a Liga Europa pela primeira vez. Este foi o quarto título europeu para Mourinho, depois das conquistas da Taça UEFA, em 2002/03, e da Liga dos Campeões, em 2003/04 e 2009/10.

  • Hoje é o dia internacional da criança desaparecida
    1:52

    País

    Assinala-se esta quinta-feira o dia internacional da criança desaparecida, numa altura em que foi conhecido um dado preocupante: há cada vez mais raptos parentais. O Instituto de Apoio à Criança recebe, por dia, 10 pedidos de ajuda.

  • Primatóloga Jane Goodall na Cimeira National Geographic em Lisboa
    3:00