sicnot

Perfil

CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 14:30

Cartaz

Cate Blanchett numa secreta história de amor

CARTAZ CINEMA

Cate Blanchett numa secreta história de amor

“Carol”, de Todd Haynes, deu a Cate Blanchett mais uma nomeação para o Oscar de melhor actriz. João Lopes comenta as principais novidades da semana, destacando também “Os Oito Odiados”, o novo “western” de Quentin Tarantino.

Cate Blanchett e Rooney Mara protagonizam um drama passional na sociedade americana de meados da década de 1950 — uma intensa e secreta história de amor que Todd Haynes dirige a partir de uma adaptação do romance “The Price of Salt”, de Patricia Highsmith.

Depois de “Django Libertado” (2012), Quentin Tarantino volta às paisagens clássicas do “western”, construindo um drama claustrofóbico de muitas tensões e formas de violência. Pela primeira vez, o realizador conta com música original do seu compositor preferido: Ennio Morricone.

“Horas Decisivas”, de Craig Gillespie, é uma produção dos estúdios Disney bem diferente dos seus tradicionais produtos de animação. Trata-se, neste caso, de evocar a história verídica do salvamento de um navio na costa nordeste dos EUA, corria o ano de 1952.

Em época de prémios, temos mais um candidato a um Oscar (melhor documentário) já disponível em DVD: “Amy”, de Asif Kapadia, evoca a carreira e o destino trágico de Amy Winehouse (1983-2011) a partir de uma notável recolha de documentos e testemunhos.

* Banda sonora: “Hitchcock” (2012), de Sacha Gervasi

> “Explosion”, Danny Elfman

  • Negócios do fogo
    22:00
  • "Não podemos gastar o dinheiro e depois os filhos e os netos é que pagam"
    2:05

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, o reembolso antecipado ao FMI. O comentador da SIC defendeu que seria mais vantajoso se Portugal reembolsasse mais depressa, antes da subida das taxas de juro. Miguel Sousa Tavares considerou ainda que o reembolso da dívida é uma boa notícia, pois seria "desleal" deixar a dívida para "os filhos e os netos" pagarem.

    Miguel Sousa Tavares

  • Os efeitos da tempestade Ana em Portugal
    1:43
  • Porque têm as tempestades nomes?
    0:49

    País

    As tempestades passaram a ter um nome, partilhado pelos serviços de meteorologia de Portugal, França e Espanha. Nuno Moreira, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias para explicar que este método é também uma forma de sinalizar a dimensão das tempestades.

  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59

    Mundo

    A tempestade Ana não causou apenas estragos em Portugal, mas também na Galiza, com a queda de árvores e cheias nas zonas ribeirinhas. No norte da Europa, as baixas temperaturas provocaram fortes nevões e paralisaram a Grã-Bretanha, com voos cancelados, escolas fechadas e estradas cortadas.

  • "Meninas proibidas de usar saias curtas e roupa transparente" para evitar abusos em Timor
    0:50
  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43