sicnot

Perfil

cartaz.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 16:25

Cartaz

Redescobrindo um clássico de Fellini

Cartaz Cinema

Redescobrindo um clássico de Fellini

"Oito e Meio", um dos mais lendários títulos clássicos de Federico Fellini, está de volta às salas de cinema, numa reposição em cópia restaurada. João Lopes comenta as principais novidades da semana, destacando ainda o lançamento em DVD de dois títulos fundamentais da filmografia do cineasta chinês Wang Bing.

Produzido em 1963, com Marcello Mastroianni no papel central, “Oito e Meio” é um dos filmes marcantes da década de 60 do cinema italiano e, em boa verdade, de toda a produção europeia. Com ele, Federico Fellini conseguiu o seu terceiro Oscar de melhor filme estrangeiro.

“O Conto dos Contos” é um exemplo actual do trabalho de um dos mais talentosos herdeiros de Fellini — Matteo Garrone (o cineasta de “Gomorra”) adapta as narrativas fantásticas de Giambattista Basile, escritas na transição dos séculos XVI e XVII.

O francês Philippe Garrel prossegue a sua série de retratos sobre a intimidade dos casais: “À Sombra das Mulheres” é um labirinto de amores e desamores, filmado em austeras imagens a preto e branco — foi, em Cannes/2015, o título de abertura da Quinzena dos Realizadores.

Através de “John From”, o português João Nicolau continua a desenvolver as suas histórias românticas, mais ou menos tocadas por um insólito sentido de ironia: com Júlia Palha e Filipe Vargas, esta é a história da paixão de uma adolescente por um homem adulto.

No DVD, a novidade da semana é a edição conjunta de dois filmes de Wang Bing, nome fundamental da actual produção chinesa, oscilando entre o documentário e a ficção realista — são eles “A Fossa” (2010) e “Três Irmãs” (2012).

- Banda sonora: “Oito e Meio” (1963), de Federico Fellini - “Otto e Mezzo”, Nino Rota

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.