sicnot

Perfil

CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 16:25

Cartaz

Redescobrindo o génio de Eisenstein

CARTAZ CINEMA

Redescobrindo o génio de Eisenstein

Sergei Eisenstein (1898-1948) é um dos autores em destaque no Ciclo do Grande Cinema Russo, a decorrer em salas de Lisboa e Porto. João Lopes comenta as principais novidades da semana, incluindo “A Lei do Mercado”, que valeu a Vincent Lindon o prémio de melhor actor no Festival de Cannes de 2015.

Podemos ver ou rever o génio criativo de Sergei Eisenstein através de “Alexandre Nevsky” (1938) e “Ivan, o Terrível” (1945), a passar em cópias restauradas no Ciclo do Grande Cinema Russo. O evento inclui ainda outros clássicos como Dziga Vertov e Boris Barnet, a par de Sergei Bondarchuk, Larisa Chepitko e Nikita Mikhalkov.

Vincent Lindon interpreta um vigilante de um hiper-mercado no filme francês “A Lei do Mercado”, de Stéphane Brizé — um retrato íntimo de uma situação laboral de crise que, além do mais, confirma a importância estética e temática do realismo na actual produção europeia.

“Cemitério do Esplendor” é mais um exemplo da singularidade da obra do tailandês Apichatpong Weerasethakul (apresentado na selecção oficial de Cannes/2015). Em cena está o dia a dia de um hospital que acolhe militares feridos, num registo em que a vida comum vai sendo assombrada pelos fantasmas do mundo espiritual.

Richard Linklater, o cineasta de “Boyhood” (2014), continua apostado em retratar as peculiaridades das gerações mais jovens. Agora, em “Todos Querem o Mesmo”, faz a crónica bem disposta de um grupo de adolescentes à beira de entrar na vida universitária. Como complemento, é exibido “Balada de um Batráquio”, o filme com que Leonor Teles arrebatou o Urso de Ouro de melhor curta-metragem, no passado mês de Fevereiro, no Festival de Berlim.

* Banda sonora: “American Psycho” (2000), de Mary Harron

> “Something in the Air”, David Bowie

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.