sicnot

Perfil

cartaz.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 16:25

Cartaz

Laurent Cantet filma memórias de Cuba

Cartaz de Cinema

Laurent Cantet filma memórias de Cuba

João Lopes

João Lopes

Crítico de cinema

Vencedor da Palma de Ouro em Cannes/2008, com “A Turma”, Laurent Cantet está de volta com um filme sobre Cuba. João Lopes comenta as novidades da semana, destacando ainda o lançamento da animação “A Vida Secreta dos Nossos Bichos” e a edição em DVD de um clássico de Federico Fellini.

"Regresso a Ítaca” é mais um exemplo da versatilidade do realizador francês Laurent Cantet. Contando com a colaboração do escritor Leonardo Padura, ele faz o retrato de uma geração que reflecte sobre as ilusões e desilusões da revolução cubana — uma crónica história e um filme intimista.

Com chancela dos estúdios “Illumination”, criadores dos “Mínimos”, “A Vida Secreta dos Nossos Bichos” é mais uma comédia em desenho animado, desta vez centrada num grupo de animais domésticos que, na ausência dos donos, se comportam de forma pouco ortodoxa...

Todd Phillips, o cineasta de “A Ressaca” (2009) está de volta com um filme bem diferente: “Os Traficantes” é a história convulsiva (baseada em factos verídicos) de dois jovens amigos que, aproveitando algum vazio legislativo, vendem armas ao exército americano no Afeganistão — Jonah Hill e Miles Teller são os intérpretes principais.

“O Grande Fúsi” surge como um exemplo pouco comum da cinematografia da Islândia. Centrado no quotidiano de um homem que é gozado (e até mesmo ameaçado) devido ao seu porte físico, o filme de Dagur Kári propõe um retrato pleno de emoção sobre os mecanismos mais secretos das relações humanas.

O dinamarquês Nicolas Winding Refn continua a propor um cinema em que o formalismo das imagens está claramente influenciado por alguma estética publicitária: “O Demónio de Neón” é um retrato dos

bastidores da moda, com Elle Fanning no papel central — estev presente na competição de Cannes/2016.

No DVD, podemos redescobrir um título clássico do mestre italiano Federico Fellini: com Marcello Mastroianni no papel central, “A Cidade das Mulheres” (1980) desenvolve-se como uma crónica surreal sobre a relação de um homem com o universo feminino. É também um dos poucos filmes de Fellini em que a banda sonora não é assinada por Nino Rota — desta vez, o compositor é o argentino Luis Bacalov.

* Banda sonora: “A Cidade das Mulheres” (1980), de Federico Fellini

“La Città delle Donne”, Luis Bacalov

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Trabalhadores da saúde iniciam greve nacional

    País

    Trabalhadores da saúde estão esta sexta-feira a cumprir uma greve a nível nacional para reivindicar a admissão de novos profissionais, exigir a criação de carreiras e a aplicação das 35 horas semanais a todos os funcionários do setor.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Juiz brasileiro morto em acidente aéreo investigava corrupção na Petrobras
    1:28
  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.