sicnot

Perfil

CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 14:30

Cartaz

Edward Snowden retratado por Oliver Stone

Edward Snowden retratado por Oliver Stone

Com o filme “Snowden”, Oliver Stone faz o retrato dramático de um funcionário da CIA que decidiu revelar ao mundo segredos da segurança dos EUA. João Lopes comenta as principais estreias da semana, destacando ainda a reposição, em cópia restaurada, do clássico “Taxi Driver” (1976), de Martin Scorsese.

Desde que, em 2013, revelou documentos secretos da CIA e da NSA, Edward Snowden transformou-se, não apenas numa figura polémica, mas também em pretexto de reflexão sobre as delicadas relações entre poder político e as novas tecnologias — “Snowden”, o filme de Oliver Stone, é uma complexa proposta de reflexão sobre tais questões, marcada por uma excelente composição de Joseph Gordon-Levitt.

Os 40 anos de “Taxi Driver” são assinalados com a sua reposição das salas escuras — um momento marcante na história do cinema americano e, em particular, na filmografia de Martin Scorsese, sem esquecer os contributos de actores como Robert De Niro, Harvey Keitel e Jodie Foster.

“Os Sete Magníficos”, “western” de 1960 realizado por John Sturges, tem agora uma nova versão. Antoine Fuqua assina a realização, contando a saga de uma aldeia ameaçada por um grande proprietário — com um elenco que inclui, entre outros, Denzel Washington, Ethan Hawke e Vincent d’Onofrio.

O espanhol Pedro Almodóvar está de volta com “Julieta”, um melodrama centrado nas atribulações de uma mulher que tenta restabelecer ligações com a sua filha. A personagem central é interpretada, em momentos diferentes da sua história, por Emma Suárez e Adriana Ugarte.

Através do DVD, já podemos ver ou rever o filme que arrebatou a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 2015: “Dheepan”, de Jacques Audiard, narra a odisseia de um grupo de refugiados do Sri Lanka que tentam fixar-se em França.

* Banda sonora: “Taxi Driver” (1976), de Martin Scorsese > “Theme from ‘Taxi Driver’”, Bernard Herrmann

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.