sicnot

Perfil

CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 14:30

Cartaz

João Botelho evoca Manoel de Oliveira

Cartaz de Cinema

João Botelho evoca Manoel de Oliveira

João Lopes

João Lopes

Crítico de cinema

Chega às salas o documentário em que João Botelho evoca o seu mestre Manoel de Oliveira. João Lopes comenta as principais novidades da semana, destacando ainda "Fogo no Mar", vencedor do Festival de Berlim, e o blockbuster "Inferno", baseado em Dan Brown.

Com "O Cinema, Manoel de Oliveira e Eu", João Botelho não se limita a evocar a obra de Manoel de Oliveira (1908-2015) e a influência que sempre teve no seu próprio trabalho - ao mesmo tempo, o seu filme é uma celebração do cinema como arte da pesquisa e do risco.

Vencedor do Urso de Ouro de Berlim, "Fogo no Mar", de Gianfranco Rosi, documenta a chegada dramática de muitos refugiados à ilha de Lampedusa, ao largo da Sicília; ao mesmo tempo, Rosi faz um subtil retrato dos modos de vida daquela pequena comunidade.

"Cézanne e Eu", de Danièle Thompson, propõe a evocação de uma especialíssima relação: a do escritor Émile Zola (1840-1902) com o pintor Paul Cézanne (1939-1906). O resultado é um fresco histórico centrado no confronto de dois invulgares universos criativos.

O realizador Ron Howard e o actor Tom Hanks voltam a colaborar numa aventura do professor Robert Langdon, saído dos livros de Dan Brown: "Inferno" leva-nos a Florença para uma redescoberta inquietante das memórias de Dante. Desta vez, Felicity Jones é a companhia feminina de Tom Hanks.

Entretanto, já podemos ver em DVD "As Nuvens de Sils Maria", em que o francês Olivier Assayas encena a crise existencial de uma actriz à procura da glória de outros tempos - Juliette Binoche e Kristen Stewart são as protagonistas.

* Banda sonora: "O Segundo Exótico Hotel Marigold" (2015), de John Madden
> "Second Best Exotic", Thomas Newman