sicnot

Perfil

CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 14:30

Cartaz

João Botelho evoca Manoel de Oliveira

Cartaz de Cinema

João Botelho evoca Manoel de Oliveira

João Lopes

João Lopes

Crítico de cinema

Chega às salas o documentário em que João Botelho evoca o seu mestre Manoel de Oliveira. João Lopes comenta as principais novidades da semana, destacando ainda "Fogo no Mar", vencedor do Festival de Berlim, e o blockbuster "Inferno", baseado em Dan Brown.

Com "O Cinema, Manoel de Oliveira e Eu", João Botelho não se limita a evocar a obra de Manoel de Oliveira (1908-2015) e a influência que sempre teve no seu próprio trabalho - ao mesmo tempo, o seu filme é uma celebração do cinema como arte da pesquisa e do risco.

Vencedor do Urso de Ouro de Berlim, "Fogo no Mar", de Gianfranco Rosi, documenta a chegada dramática de muitos refugiados à ilha de Lampedusa, ao largo da Sicília; ao mesmo tempo, Rosi faz um subtil retrato dos modos de vida daquela pequena comunidade.

"Cézanne e Eu", de Danièle Thompson, propõe a evocação de uma especialíssima relação: a do escritor Émile Zola (1840-1902) com o pintor Paul Cézanne (1939-1906). O resultado é um fresco histórico centrado no confronto de dois invulgares universos criativos.

O realizador Ron Howard e o actor Tom Hanks voltam a colaborar numa aventura do professor Robert Langdon, saído dos livros de Dan Brown: "Inferno" leva-nos a Florença para uma redescoberta inquietante das memórias de Dante. Desta vez, Felicity Jones é a companhia feminina de Tom Hanks.

Entretanto, já podemos ver em DVD "As Nuvens de Sils Maria", em que o francês Olivier Assayas encena a crise existencial de uma actriz à procura da glória de outros tempos - Juliette Binoche e Kristen Stewart são as protagonistas.

* Banda sonora: "O Segundo Exótico Hotel Marigold" (2015), de John Madden
> "Second Best Exotic", Thomas Newman

  • Portugueses divididos na recondução da procuradora-geral da República
    1:31
  • "Os castigos incluiam sovas frequentes e até estrangulamento"
    5:03
  • Teste ao sangue deteta oito tipos de cancro

    Mundo

    Um novo teste sanguíneo experimental permitiu detetar precocemente os oito cancros mais frequentes em 70 por cento dos casos, de acordo com um estudo publicado na revista Nature feito por investigadores nos Estados Unidos.