sicnot

Perfil

CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 14:30

Cartaz

Drama afro-americano na corrida aos Óscares

Cartaz de Cinema

Drama afro-americano na corrida aos Óscares

João Lopes

João Lopes

Crítico de cinema

Entre os títulos candidatos aos Óscares, “Moonlight” parece ser um dos mais fortes, com um total de oito nomeações (incluindo melhor filme).João Lopes comenta as principais estreias da semana, incluindo a nova realização de M. Night Shyamalan e um documentário de Martin Scorsese.

Barry Jenkins, argumentista e realizador, conta a história dramática de um jovem afro-americano num bairro de Miami — uma saga de muitas emoções que tem, entre outras, nomeações para melhor filme, melhor realizador, melhor argumento adaptado e melhor actor secundário (Mahershala Ali).

Outro concorrente forte aos Óscares chega também às salas: “Elementos Secretos”, de Theodore Melfi, recorda o papel de um grupo de mulheres afro-americanas no interior da NASA, em particular no seu sector científico, no começo da década de 60.

Os atentados da Maratona de Boston, em 2013, são recordados pelo realizador Peter Berg em “Unidos por Boston”. Mark Wahlberg, natural de Boston, surge na ficha como actor principal e produtor.

“Fragmentado”, de M. Night Shyamalan, conta a história assombrada de um homem com a personalidade dividida (em 23 pessoas diferentes!...) — um belo exercício de suspense centrado numa invulgar composição de James McAvoy.

Martin Scorsese reparte com David Tedeschi a realização de “Um Discussão com 50 Anos” — o documentário recorda as convulsões sociais e políticas da história moderna dos EUA, tal como se têm reflectido nas páginas de “The New York Review of Books”.

As polémicas experiências de Stanley Milgram, nos anos 60, sobre a submissão do ser humano à autoridade, são o tema central de um título importante de 2016: “Experimenter”, de Michael Almereyda, com Peter Sarsgaard no papel central — o filme já está disponível no mercado do DVD..

* Banda sonora: LA LA LAND (2016), de Damien Chazelle

> "Another Day of Sun", Justin Hurwitz [ faixa 1 ]

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • ERSE concluiu que estavam a ser pagos 165 milhões euros a mais à EDP
    0:53

    País

    José Gomes Ferreira afirmou esta sexta-feira que a ERSE -Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos concluiu que estavam a ser pagos 165 milhões de euros a mais do que o necessário à EDP. Contratos que foram postos em prática em 2007 por Manuel Pinho, na altura ministro da Economia.

  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Porque erram os árbitros?
    2:03

    Desporto

    Num momento em que a polémica em redor da arbitragem está acesa e que nem o videoárbitro parece ter contribuído para a pacificar o futebol, em Leiria juntaram-se treinadores e homens do apito para se entender porque erram os árbitros.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Niassa foi o 4.º lince-ibérico libertado a ser atropelado em Portugal
    1:33

    País

    Uma fêmea de lince-ibérico foi encontrada morta com sinais de atropelamento na A22, próximo de Olhão. A fêmea, criada em cativeiro, tinha sido libertada no Vale do Guadiana em fevereiro de 2017. É o quarto lince-ibérico, que tinha sido libertado na natureza, que morre atropelado em Portugal.

  • "Há uma aceitação do lince no território"
    3:33

    País

    Apesar de já se terem registado em Portugal quatro atropelamentos de linces libertados na natureza, em entrevista à SIC, Pedro Rocha, do Departamento do Alentejo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), disse que o programa de reintrodução "tem corrido bastante bem", não só devido às condições do habitat e disponibilidade de alimento, mas também porque "há uma aceitação do lince no território". Desde 2015, foram libertados no Vale do Guadiana 33 linces e 16 já nasceram em estado selvagem.

  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • O "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59